Três pessoas constituídas arguidas em operação do SEF no Grande Porto

Três pessoas constituídas arguidas em operação do SEF no Grande Porto
| Norte
Porto Canal/ Agências

O Serviço e Estrangeiros e Fronteiras (SEF) realizou, na quarta-feira, no Grande Porto, a operação “Carta de Migrante”, da qual resultaram três arguidas e a apreensão de cartas de condução portuguesas e brasileiras, foi esta quinta-feira revelado.

Segundo uma nota de imprensa, o SEF deu cumprimento e mandatos de busca domiciliárias e a viaturas, no âmbito de um inquérito em curso no Departamento de Investigação e Ação Penal de Valongo.

A operação visava “a emissão fraudulenta de largas dezenas de Certificados de Registo de Cidadão da União Europeia (CRCUE) e de títulos de condução portugueses irregulares”, lê-se na nota.

De acordo com o SEF, esta operação tinha como objetivo a interrupção de uma alegada atividade criminosa levada a cabo por um grupo organizado de cariz familiar.

O SEF admite a possibilidade deste grupo ter, ao longo de mais de três anos, promovido “dezenas de fraudes à legislação que rege a livre circulação e residência de cidadãos da União Europeia e seus familiares”.

“Ao longo da investigação, foi detetado um eficiente esquema de falsificações e fraudes em cascata com recurso a moradas forjadas, na Área Metropolitana do Grande Porto, que originaram atestados de residência falsos, e a subsequente emissão abusiva, a favor de cidadãos estrangeiros residentes no Reino Unido”, descreve o SEF.

Ainda de acordo com esta polícia de investigação, esta fraude favorecia cidadãos já titulares de duplas nacionalidades comunitárias e sem qualquer ligação ou real expectativa de fixação de residência em território português.

Das buscas resultou a constituição de arguido de três das suspeitas e a apreensão de cartas de condução portuguesas e brasileiras, bem como documentos de identificação de terceiros, formulários oficiais, equipamento de comunicações e equipamento informático.

+ notícias: Norte

Incêndio em habitação faz quatro desalojados em Paços de Ferreira

Um incêndio deflagrou este domingo no sótão de uma habitação em Paços de Ferreira, no distrito do Porto, causando quatro desalojados, nomeadamente uma mãe e três filhos.

Implementação do Metro do Porto foi "processo de catequização"

O administrador dos Transportes Intermodais do Porto, Manuel Paulo Teixeira, disse que a equipa que lançou o Metro do Porto, da qual fez parte, fez "um processo de catequização" para convencer pessoas, autarcas a instituições.

Impedidos de entrar no Casino de Espinho agridem três PSP. Foram detidos

A polícia deteve três pessoas por injúrias e agressão contra três agentes da PSP que se encontravam ao serviço no casino de Espinho, este domingo.