Portugal tem de pontuar em Praga para jogar apuramento com Espanha

Portugal tem de pontuar em Praga para jogar apuramento com Espanha
| Desporto
Porto Canal / Agências

Portugal enfrenta a República Checa, no sábado, em Praga, para o penúltimo encontro no Grupo A2 da Liga das Nações em futebol, 'proibido' de perder para poder discutir com a Espanha, na terça-feira, um lugar na 'final four'.

A equipa comandada por Fernando Santos podia estar na liderança da 'poule', mas sofreu uma surpreendente derrota em Genebra, ante a Suíça (1-0), e caiu para o segundo lugar, com sete pontos, a um da líder Espanha, que ainda tem de visitar Braga.

No sábado, à mesma hora (19:45 em Lisboa) que Portugal mede forças com os checos, terceiros colocados do Grupo A2, com quatro pontos, os espanhóis recebem a Suíça, última do agrupamento, com três pontos, em Saragoça.

O campeão da primeira edição da prova, em 2019, sabe de antemão que fica fora da fase final se perder na capital da República Checa e a 'roja' vencer os helvéticos, sendo que evita a descida à Liga B se não for derrotada ou se a Suíça perder.

Por sua vez, a República Checa ainda tem hipóteses de chegar à fase final, mas, para isso, tem de bater Portugal na Eden Arena e esperar que a Espanha não consiga igual desfecho perante a Suíça.

Os checos, que em Lisboa, na terceira jornada, foram derrotados por 2-0, por culpa dos golos de João Cancelo e Gonçalo Guedes, fogem à despromoção com um triunfo e a derrota da Suíça.

Apesar de ocuparem a última posição da 'poule', os suíços têm remotas hipóteses de chegar ao lote das quatro melhores seleções, contudo, para continuarem a sonhar, têm de vencer em Espanha e esperar que Portugal não consiga ultrapassar os checos.

Para o duelo agendado para a casa do Slavia de Praga, que terá cerca de 20.000 adeptos nas bancadas, o selecionador Fernando Santos não deverá apresentar grandes surpresas no 'onze' inicial, desfalcado do castigado João Cancelo e dos lesionados Pepe e Raphaël Guerreiro, que forma excluídos dos convocados.

Uma das dúvidas prende-se com a baliza, já que, nos primeiros quatro jogos, em junho, Diogo Costa e Rui Patrício jogaram ambos dois encontros, intercalados, pelo que qualquer um dos dois pode ser o eleito para defender as 'redes' lusas, com José Sá, ainda à procura da primeira internacionalização 'AA', a ter menos hipóteses de ser o escolhido.

Na defesa, Diogo Dalot será o principal candidato a ocupar a vaga na lateral direito, ao lado de Danilo, Rúben Dias e Nuno Mendes, enquanto o meio-campo deverá ficar a cargo de João Palhinha ou Rúben Neves, Bruno Fernandes e Bernardo Silva.

O trio da frente é muito provável que fique entregue ao 'capitão' Cristiano Ronaldo, Diogo Jota e Rafael Leão.

No lado checo, que conta com 20 convocados, o grande destaque é o regresso do avançado Patrick Schick (Bayer Leverkusen), que falhou os quatro primeiros encontros da prova, por lesão, e volta a merecer a confiança do selecionador Jaroslav Sihavy, assim como o guarda-redes Jiri Pavlenka (Werder Bremen) e o médio Petr Sevcik (Slavia de Praga).

Após concluídas quatro jornadas, os lusos estão no segundo posto do Grupo A2, com sete pontos, depois de terem superado a Suíça (4-0) e a República Checa (2-0), em Lisboa, empatado em Sevilha, com a Espanha (1-1), e perdido em Genebra, perante os helvéticos (1-0).

A Espanha é quem lidera a 'poule', com oito pontos, enquanto a República Checa é terceira, com quatro, e a Suíça a última, com três.

O encontro entre checos e lusos tem início marcado para as 19:45 (hora de Lisboa), na Éden Arena, e será arbitrado pelo sérvio Srdjan Jovanovic.

A formação das 'quinas', vencedora da primeira edição da Liga das Nações, em 2019, precisa de vencer o agrupamento para chegar à 'final four' da terceira edição, sendo que a segunda foi conquistada pela França, numa final com a Espanha, em 2021.

Os quatro vencedores dos grupos da Liga A qualificam-se para a fase final, que inclui meias-finais, final e partida de atribuição do terceiro lugar. A 'final four' da terceira edição da prova será realizada em junho de 2023.

+ notícias: Desporto

Sete mil portistas encheram as ruas da Invicta na corrida do Dragão

A corrida do dragão voltou, no passado domingo, às ruas da cidade Invicta. Depois de dois anos impedida de se realizar devido à situação pandémica, voltou em grande com sete mil portistas a encherem as ruas da cidade do Porto.

Três adeptos do Estoril fora dos estádios por intolerância no jogo Estoril Praia-FC Porto

Os três adeptos do Estoril Praia acusados de intolerância com apoiantes do FC Porto estão impedidos de entrar em estádios, devido aos incidentes no encontro entre os dois clubes para a I Liga de futebol, do dia 16 de setembro.

Museu dos Dragões celebra nove anos e o Tour FC Porto faz parte da festa

Uma campanha especial no Tour FC Porto (Museu + Estádio) faz parte do programa do nono aniversário do Museu Futebol Clube do Porto, celebrado a 28 de setembro de 2022, dia dos 129 anos do FC Porto. Nesta data especial, descobrir a história azul e branca e conhecer os encantos e segredos do palco das grandes emoções portistas é uma experiência a metade do preço para os Sócios do clube, mas o público geral também beneficia de uma promoção “4 por 3” para fazer uma das visitas mais procuradas na cidade do Porto e na Região Norte de Portugal.