Covid-19: Plano de contingência da U. Porto deixará de estar em vigor no início do novo ano letivo

Covid-19: Plano de contingência da U. Porto deixará de estar em vigor no início do novo ano letivo
| Porto
Porto Canal

Prestes a inicar o novo ano letivo, a Universidade do Porto anunciou, esta segunda-feira num comunicado a que o Porto Canal teve acesso, que o plano de contigência contra a Covid-19 deixará de estar em vigor no arranque das aulas em setembro. 

No entanto, ainda que as medidas de distanciamento físico e uso de máscara não sejam obrigatórias, a universidade recomenda que estas sejam aplicadas sempre que apresentar sintomatologia de doença infeciosa respiratória, como espirros, tossse e dor de garganta. 

A universidade recomenda ainda a todos os membros que perante algum tipo de sintoma, reduzam o número de contacto sociais, façam uso da máscara, reforçem a higiene das mãos e a realizem de um teste rápido de diagnóstico de infeção por Covid-19. Além disso, deverá também contactar a linha de apoio SNS 24.

A ventilação das salas de aula e de trabalho são uma regra a manter, dependendo da temperatura e humidade do exterior.

A universidade do Porto reconhece que perante o período que se aproxima, outono/inverno, a incidência da doença seja mais elevada.

+ notícias: Porto

Jovem de 19 anos morre em acidente de mota no Porto 

Uma jovem de 19 anos morreu esta sexta-feira de madrugada num despiste de mota no Porto. O acidente aconteceu pelas 3h45 e provocou ainda um ferido grave, um homem com cerca de 30 anos. 

Camião 'engolido' em aluimento de terras no centro do Porto

Um veículo pesado foi esta quinta-feira engolido na Rua Trindade Coelho, na zona entre a interseção com a Rua das Flores e o Largo dos Loios.

Coliseu do Porto recebe 150 espetáculos de música, dança, teatro e ópera em 2023

A programação do Coliseu do Porto para 2023 inclui 150 espetáculos, entre concertos, bailados, teatro, ópera, dança, comédia ou espetáculos infantojuvenis e pretende “dar continuidade às linhas programáticas fundamentais da intervenção” daquela casa de espetáculos.