Marcelo de olhos postos no incêndio que devasta Ourém: “Vamos ver se é preciso reforçar esses meios ao longo da noite"

| País
Porto Canal

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou, esta sexta-feira, estar a acompanhar a evolução do incêndio em Ourém e referiu que "os meios que foram mobilizados eram aqueles que eram considerados os possíveis e adequados para uma situação que estava complicada". 

 O Chefe de Estado disse ainda esperar que haja uma descida da temperatura e um aumento da humidade para que a situação fique controlada. 

"Há que olhar para o todo territorial. A vaga de fogos começou há meio e há outros pontos complexos", alerta ainda Marcelo Rebelo de Sousa, que que pela primeira vez como Presidente da República marca presença nas festas de Viana do Castelo. Começou a descer a avenida principal já passavam das 21h00 onde, pelo caminho, foi "engolido" e ovacionado pela população ao som da canção de Amália Rodrigues "Havemos de ir a Viana".

Mais de 500 bombeiros no combate ao fogo em Ourém pelas 23h

O incêndio que deflagrou em Ourém, no distrito de Santarém, mobilizava às 23h00 de hoje mais de 500 operacionais, sendo o único fogo ativo em Portugal continental que reunia mais preocupações, segundo a Proteção Civil.

Segundo a página oficial na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), pelas 23h00 estavam no terreno 515 operacionais, com o apoio de 154 viaturas.

O fogo que deflagrou hoje, às 14b40, no Carvalhal, na freguesia de Espite, e se estendeu às localidades vizinhas, obrigou ao corte da circulação ferroviária na Linha do Norte, desde cerca das 18h30, indicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

Um aviário foi destruído por este fogo, provocando um prejuízo de cerca de um milhão de euros, disse à Lusa fonte da empresa situada em Resouro, na freguesia de Urqueira.

+ notícias: País

Medidas de poupança de energia: Governo recomenda luzes de natal até à meia noite

Esta terça-feira o Governo anunciou, num decreto-lei publicado em Diário da República, um conjunto de medidas para poupança de energia. Tal como noticiou o 'Jornal de Notícias', entre as medidas está a recomendação do uso de luzes de natal até à meia noite, ou seja, será o ajustamento "da iluminação natalícia para o horário entre as 18 horas e as 24 horas e a possível adoção do teletrabalho, sempre que o regime for viável e se se comprovar a poupança enérgitca". 

Seca em Portugal. Governo suspende uso dos recursos hídricos de 15 albufeiras a partir de outubro

O Governo determinou, a partir de 1 de outubro, uma suspensão temporária nos recursos hídricos de 15 albufeiras, "até que sejam alcançadas as cotas mínimas da sua capacidade útil que venham a ser estabelecidas".

Notícia Porto Canal: Pedro Moreira é o novo presidente da CP

Pedro Moreira, presidente interino da CP desde outubro de 2021, vai assumir oficialmente a presidência da transportadora. Fonte próxima do processo avançou ao Porto Canal que o nome do engenheiro de 47 anos já foi aprovado pela Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública. A nomeção foi entretanto confirmada pelo Ministério das Infraestruturas. A publicação em Diário da República está prevista para esta quarta-feira.