Incêndios: Cerca de 50 concelhos do interior Norte e Centro, Alto Alentejo e Algarve em risco máximo

Incêndios: Cerca de 50 concelhos do interior Norte e Centro, Alto Alentejo e Algarve em risco máximo
| País
Porto Canal / Agências

Cerca de 50 concelhos dos interior Norte e Centro, Alto Alentejo e Algarve estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação disponível no ‘site’ do IPMA, os concelhos em risco máximo pertencem aos distritos de Bragança, Guarda, Castelo Branco, Leiria, Coimbra, Santarém, Portalegre e Faro.

O IPMA colocou ainda em risco muito elevado e elevado mais de 160 municípios do interior Norte e Centro do país, do litoral dos distritos de Aveiro, Leiria e Lisboa, assim como toda a região do Alentejo.

O risco de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de ‘reduzido’ a ‘máximo’, e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para hoje, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera apontam para céu pouco nublado ou limpo, com mais nebulosidade no Norte e Centro até ao meio da tarde, e possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos no Norte e Centro.

O IPMA indica ainda que o vento vai soprar forte no litoral oeste e nas terras altas, com rajadas até 65-70 km/h.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 10 graus Celsius (Guarda) e os 18º (Aveiro), e as máximas entre os 21º (Aveiro) e os 30º (Faro e Castelo Branco).

+ notícias: País

Internamentos e óbitos causados pela gripe estão subnotificados

Os casos de internamentos por gripe em Portugal estão subnotificados, assim como as mortes causadas pela doença, segundo um estudo que analisou durante uma década o peso das hospitalizações e da mortalidade provocada pela gripe.

D. José Ornelas: "Os padres não são uma cambada de pedófilos"

D. José Ornelas garante que não protegeu nenhum abusador de crianças. O alegado encobrimento remete para um caso de 2011 de um alegado abuso de menores num orfanato, em Moçambique. A afirmação do bispo de Leiria-Fátima surge depois do Ministério Público ter confirmado que D. José Ornelas está a ser investigado.

Pilotos dizem que se TAP tem dinheiro para comprar BMW, tem dinheiro para repor condições laborais

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil sugeriu esta quarta-feira à TAP a mesma lógica de “gastar-mais, para poupar”, com que a companhia se defendeu sobre a renovação da frota automóvel corporativa, para a reposição das condições laborais dos trabalhadores.