Trabalhadores da maior produtora de cogumelos frescos em greve por melhores salários e condições de trabalho

| Norte
Porto Canal

Os trabalhadores das unidades de produção da maior produtora de cogumelos frescos do país estiveram em greve ao longo desta terça-feira. Ao que apurou o Porto Canal, os trabalhadores exigem um aumento dos salários, do subsídio de alimentação e ainda melhores condições de trabalho.

Em resposta, a empresa Varandas Sousa, líder no mercado ibérico, veio dizer que não tem condições de aumentar as despesas e falou numa adesão à greve de 13,4% que contraria os 50% que o sindicato falou.

 A greve de 24 horas foi decidida no plenário do mês passado para que a empresa tivesse tempo e oportunidade de dar uma resposta ao caderno reivindicativo, mas António Vaz, administrador explicou ao Porto Canal que a empresa ainda está a recuperar do processo de insolvência da Sousacamp e que no contexto atual não podem aumentar os gastos. A administração garantiu que está a cumprir com tudo aquilo com que se comprometeu mas diz que não pode dar aquilo que não tem

A empresa disse que o investimento na unidade de Vila Flôr, para criar um centro de produção de composto para cogumelos, é essencial para a sustentabilidade da empresa que atualmente tem de importar toda a matéria prima. Os trabalhadores dizem não entender as prioridades da empresa e garantem que não vão baixar os braços

+ notícias: Norte

Porto: o caos no trânsito e os cinco principais pontos críticos da cidade

O trânsito no Porto pode ser uma dor de cabeça para quem tem de atravessar a cidade. Ao longo dos anos, o número de veículos em circulação nas principais vias da cidade tem aumentado, o que faz com que a rede fique congestionada. A travessia do rio Douro é exemplo do caos que podem ser as horas de ponta, mas não é o único.

Eduardo Vítor Rodrigues defende que metro na Ponte da Arrábida "não faz sentido absolutamente nenhum"

O presidente da Câmara de Gaia disse, esta sexta-feira, compreender as dúvidas colocadas pelo homólogo do Porto sobre a nova ponte do metro, nomeadamente no que diz respeito à inserção urbanística nas margens, lembrando que nenhum dos dois pretende "remendos". No que diz respeito às alternativas que têm sido sugeridas, especialmente uma eventual inserção da futura linha Rubi na Ponte da Arrábida, o autarca gaiense considera não fazerem "sentido nenhum" e que até "iria desvirtuar aquilo que o metro significa".

Tribunal confirma condenação de comentador da BTV por insultos a Pinto da Costa

O Tribunal da Relação do Porto manteve a condenação de Pedro Abreu Rocha por insultos proferidos contra Jorge Nuno Pinto da Costa numa emissão do programa Lanças Apontadas, da Benfica TV, a 21 de novembro de 2018. O advogado foi condenado a pagar uma multa de 2.000 euros e 5.000 euros a título de indemnização.