Incêndio na Guarda está "completamente descontrolado." Contacto com bombeiros desaparecidos foi reestabelecido

Incêndio na Guarda está "completamente descontrolado." Contacto com bombeiros desaparecidos foi reestabelecido
| País
Porto Canal / Agências

O presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, disse hoje que o incêndio que reativou na serra da Estrela está "completamente descontrolado", destacando que há muitas pessoas a serem retiradas da vila de Gonçalo.

"O incêndio está completamente descontrolado", afirmou Sérgio Costa às 20:25 à agência Lusa.

Numa breve declaração, o autarca adiantou que eram muitas as pessoas a serem retiradas da vila de Gonçalo.

"O programa Aldeia Segura [Pessoas Seguras] está a ser ativado em todas as aldeias do sul do concelho", declarou.

O presidente da Câmara esclareceu ainda que há meios no local, mas com a intensidade do vento "é muito complicado" o combate.

Durante a noite desta segunda-feira, as autoridades perderam o contacto com sete bombeiros, que ativaram o botão de pânico nas viaturas onde se encontravam, no teatro das operações. O contacto foi entretanto reestabelecido e os bombeiros encontram-se já em segurança.

(Em Atualização)

+ notícias: País

Eduardo Cabrita é candidato a diretor executivo da Frontex

O ex-ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, é candidato a diretor executivo da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira. Anunciado pela 'Rádio Nascença', Eduardo Cabrita é o único candidato português ao cargo e, segundo fonte próxima do processo, o ex-ministro da Administração Interna tem "fortes hipóteses" de ficar à frente do cargo.

Governo prepara proposta de resposta a agravamento da taxa esforço na habitação

O secretário de Estado do Tesouro anunciou esta quinta-feira que o Governo está a preparar uma proposta no crédito à habitação de resposta ao agravamento da taxa de esforço das famílias, passando pela extensão do prazo ou suspensão da comissão de amortização.

Marcelo saúda proposta face à energia da Comissão como “justa, inteligente e adequada”

O Presidente da República saudou esta quinta-feiraa proposta da Comissão Europeia na área da energia, de reforço aos apoios às empresas e prolongamento das ajudas estatais, classificando-a como “justa, inteligente e adequada”.