Acusação classifica Benjamin Mendy como "predador sexual"

Acusação classifica Benjamin Mendy como "predador sexual"
| Desporto
Porto Canal / Agências

Internacional francês, vencedor do Mundial, é acusado de 10 crimes de abuso sexual por seis mulheres, que terão sido cometidos entre outubro de 2018 e agosto de 2021.

O futebolista internacional francês Benjamin Mendy, que está a ser julgado por alegadas violações, foi classificado em tribunal esta segunda-feira, pela acusação, como “um predador sexual” que abusou de “vítimas vulneráveis, aterrorizadas e isoladas”.

“O caso é simples e não tem muito a ver com futebol. A história é antiga: homens que agridem e violam mulheres porque acham que se vão safar”, afirmou o promotor Timothy Cray, durante o julgamento, que decorre em Chester, Inglaterra.

Cray descreveu Mendy e o outro homem que também está a ser julgado como dois “predadores, prontos a cometer graves abusos contra jovens vulneráveis, aterrorizadas e isoladas”, admitindo que as vítimas podem ter visto os seus telemóveis confiscados quando foram à casa do jogador.

Depois de dois dias dedicados à escolha dos jurados e à organização das audiências, a sessão de julgamento desta segunda-feira foi reservada à pronúncia do ministério público.

Mendy é acusado de oito violações, uma tentativa de violação, e um crime de abuso sexual. Em maio, o jogador declarou-se inocente, negando qualquer culpa nos 10 crimes de que está acusado por seis mulheres, e que terão sido cometidos entre outubro de 2018 e agosto de 2021, na sua casa em Prestbury.

Depois de vários meses em prisão preventiva, Mendy, campeão mundial em 2018 e que tem contrato com o Manchester City, foi colocado sob supervisão judicial em meados de janeiro passado. Mendy, que começou no Le Havre, passou pelo Marselha e depois esteve uma época no Mónaco, tornou-se, em 2017, o defesa mais caro da história, quando o Manchester City pagou 60 milhões de euros. Em agosto passado, o Manchester City, clube no qual alinham os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, suspendeu o internacional francês, de 27 anos, sem dar qualquer explicação.

+ notícias: Desporto

FC Porto celebra 129 anos

Fundação do clube azul e branco foi divulgada a 28 de setembro de 1893, num jornal lisboeta. 129 anos volvidos, os Dragões continuam a representar a cidade, a região e o país, com conquistas tanto dentro como fora de portas.

O protesto silencioso da seleção iraniana

O jogo desta terça feira do Irão contra o Senegal ficou marcado com o facto da equipa de Medhi Taremi ter cantado o hino com a camisola tapada.

Brasil goleia Tunísia por 5-1, em jogo marcado por episódio de racismo 

A seleção brasileira venceu o encontro amigável diante da Tunísia por 5-1, no estádio Parc des Princes, em Paris. Foi o último teste da Canarinha antes do Mundial do Qatar. Os golos foram apontados por Raphinha, Richarlison, Neymar e Pedro.