Covid-19: Nova geração de vacina, direcionada à variante Omicron, aprovada no Reino Unido

Covid-19: Nova geração de vacina, direcionada à variante Omicron, aprovada no Reino Unido
| Mundo
Porto Canal / Agências

Uma nova geração da vacina da farmacêutica Moderna contra a covid-19, visando a variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2 foi aprovada no Reino Unido, anunciou hoje a entidade reguladora britânica para os medicamentos.

Esta versão da vacina, a primeira no mundo, consiste numa dose de reforço, visando metade a variante original do vírus e metade a variante Ómicron.

A nova versão "provoca uma forte resposta imunitária" contra ambas, incluindo as linhagens Ómicron BA.4 e BA.5, com "baixos efeitos colaterais" semelhantes aos observados com os soros originais, informou a Agência Reguladora de Medicamentos e Dispositivos Médicos (MHRA) em comunicado.

A MHRA aprovou a nova geração da vacina “para doses de reforço para adultos” por considerar que esta “atende aos padrões de segurança, qualidade e eficácia do regulador britânico".

Os efeitos colaterais observados são "tipicamente fracos e semelhantes aos observados para os soros originais", adiantou.

"O que esta vacina bivalente nos dá é uma ferramenta mais afinada para nos ajudar proteger contra esta doença à medida que o vírus continua a evoluir", disse a diretora da MHRA, June Raine, num comunicado à imprensa.

O diretor-geral da Moderna, Stéphane Bancel, sublinhou, citado pela Agência France-Presse (AFP), “o importante papel” que esta “nova geração” de vacina pode desempenhar na proteção contra a covid-19.

Na semana passada, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) disse que previa a aprovação, no outono, de uma vacina Pfizer/BioNTech contra a Covid visando as linhagens BA.4 e BA.5 da variante Ómicron, muito transmissível.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou em julho que a pandemia está "longe de terminar", devido à disseminação de linhagens da Ómicron, ao levantamento das restrições sanitárias e à diminuição dos exames.

Os casos de covid-19 aumentaram globalmente no final da primavera e início do verão, impulsionados por variantes mais recentes e prevês que os casos voltem a aumentar no outono e no inverno.

O Reino Unido é um dos países mais afetados na Europa pela pandemia, com quase 180.000 mortes associadas à covid-19.

+ notícias: Mundo

Comunidade Política Europeia reúne-se pela primeira vez em Praga e 'isola' Rússia

O Castelo de Praga recebe esta quinta-feira a primeira reunião da recém-formada Comunidade Política Europeia, com os 27 líderes da União Europeia e de 17 outros países a discutirem a segurança e paz no continente europeu, num contexto de guerra.

Ataque armado a creche provoca mais de 30 mortos na Tailândia 

Um ataque armado numa creche, na província de Nong Bua Lamphu, no nordeste da Tailândia, fez pelo menos 34 mortos, incluindo 23 crianças, confirmou a polícia local, citada pela agência AFP.

Estados Unidos mobilizam porta-aviões e Coreia do Norte responde com mais dois mísseis balísticos

A Coreia do Norte lançou, esta quinta-feira, mais dois mísseis balísticos de curto alcance, em direção às suas águas, depois de os Estados Unidos terem destacado um porta-aviões para perto da península coreana.