Seis universidades portuguesas entre as mil melhores do mundo

Seis universidades portuguesas entre as mil melhores do mundo
| País
Porto Canal / Agências

Seis universidades portuguesas foram incluídas entre as mil melhores do mundo no Ranking de Xangai, hoje publicado, com Harvard a aparecer no topo da lista, dominada pelos Estados Unidos.

A Universidade de Lisboa e Universidade do Porto surgem entre as 201.ª e 300.ª melhores do mundo.

Seguem-se a Universidade de Aveiro e Universidade do Minho, entre as 400 e 500 melhores, e a Universidade Nova de Lisboa e a Universidade de Coimbra entre os 500.º e 600.º lugares.

Com Harvard em primeiro lugar pelo 20.º ano consecutivo, as universidades norte-americanas continuam no topo do 'ranking'.

Tal como no ano passado, as instituições anglo-saxónicas continuam entre as dez melhores: oito universidades norte-americanas e duas britânicas estão no topo da edição de 2022 deste ranking global das melhores instituições de ensino superior, que tem sido levado a cabo desde 2003 pela empresa independente Shanghai Ranking Consultancy.

No topo da lista, Harvard está mais uma vez à frente da também norte-americana Stanford. Este ano, outra universidade norte-americana, o Massachusetts Institute of Technology (MIT), ficou em terceiro lugar no pódio, relegando a britânica Cambridge para quarto lugar.

Seguem-se as universidades norte-americanas Berkeley (5.ª) e Princeton (6.ª) e a britânica Oxford (7.ª).

No total, 39 universidades norte-americanas aparecem entre as 100 melhores.

A primeira instituição não anglo-saxónica, a universidade francesa Paris-Saclay, está em 16.º lugar.

O Ranking de Xangai tem em conta seis critérios, incluindo o número de medalhas Nobel e Fields - o Nobel da Matemática - entre estudantes e professores de pós-graduação, o número de investigadores mais citados na sua especialidade e o número de publicações nas revistas Science and Nature.

Este ano, mais de 2.500 instituições foram examinadas para estabelecer a classificação.

+ notícias: País

Internamentos e óbitos causados pela gripe estão subnotificados

Os casos de internamentos por gripe em Portugal estão subnotificados, assim como as mortes causadas pela doença, segundo um estudo que analisou durante uma década o peso das hospitalizações e da mortalidade provocada pela gripe.

D. José Ornelas: "Os padres não são uma cambada de pedófilos"

D. José Ornelas garante que não protegeu nenhum abusador de crianças. O alegado encobrimento remete para um caso de 2011 de um alegado abuso de menores num orfanato, em Moçambique. A afirmação do bispo de Leiria-Fátima surge depois do Ministério Público ter confirmado que D. José Ornelas está a ser investigado.

Pilotos dizem que se TAP tem dinheiro para comprar BMW, tem dinheiro para repor condições laborais

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil sugeriu esta quarta-feira à TAP a mesma lógica de “gastar-mais, para poupar”, com que a companhia se defendeu sobre a renovação da frota automóvel corporativa, para a reposição das condições laborais dos trabalhadores.