Disparos de 'rockets' a partir de Gaza sobre Israel fazem soar alarmes

| Mundo
Porto Canal / Agências

Milícias palestinianas dispararam hoje vários 'rockets' sobre Israel a partir da faixa de Gaza, relataram jornalistas da France-Presse no local, enquanto a televisão israelita avançou que pelo menos dois foram intercetados.

A TV israelita mostrou imagens da interceção dos 'rockets' e o exército israelita informou que as sirenes de ataque aéreo soaram no centro de Israel.

Os disparos foram realizados da Faixa de Gaza para Israel, disseram jornalistas da AFP no enclave palestiniano, após ataques do exército israelita que mataram combatentes de grupos armados e civis palestinianos.

As sirenes de alarme soavam nas localidades israelitas de Yavne e Lachish, a norte do território palestiniano.

Ataques aéreos efetuados hoje pelo exército israelita contra a Faixa de Gaza provocaram pelo menos 10 mortos, entre eles um comandante do grupo radical palestiniano, e cerca de 40 feridos, indicaram fontes palestinianas.

Israel tinha anunciado o ataque ao enclave, justificando a operação com os rumores sobre a possibilidade de ações armadas de retaliação a partir do enclave palestiniano após a prisão, segunda-feira, de Bassem Saadi, um alto dirigente da organização Jihad Islâmica na Cisjordânia.

O Ministério da Saúde palestiniano indicou que pelo menos 10 pessoas morreram nos ataques, incluindo uma menina de cinco anos e um dos comandantes da organização em Gaza, Taiseer al-Jabari.

+ notícias: Mundo

É Oficial. Ucrânia avança com pedido de adesão à NATO

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, anunciou esta sexta-feira que o país avançou oficialmente com um pedido de adesão à NATO. Esta informação foi avançada pelo mesmo no Telegram.

“Tornam-se nossos cidadãos para sempre” - Putin já assinou os decretos de anexação

Vladimir Putin já assinou, esta sexta-feira, os decretos de a anexação de Donetsk, Lugansk, Zaporíjia e Kherson à Rússia. O líder russo afirmou no seu discurso que os habitantes destas regiões são agora russo “para sempre”., num discurso em Moscovo, que "esta é a escolha de milhões de pessoas", acrescentando que é "definitiva".

Rússia formaliza anexação de quatro regiões ucranianas

A Rússia formaliza esta sexta-feira numa cerimónia no Kremlin, em Moscovo, a anexação das quatro regiões ucranianas. No anúncio divulgado na passada quinta-feira, o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, adiantou que o Presidente russo, Vladimir Putin, participará numa cerimónia com um discurso.