Fernando Pimenta leva o K1 500 à quinta final lusa nos mundiais de canoagem

| Desporto
Porto Canal / Agências

O português Fernando Pimenta apurou-se hoje para a final de K1 500 metros dos mundiais de canoagem, ao vencer a sua semifinal, o que lhe permitirá discutir as medalhas no sábado.

Na pista seis, o medalha de bronze olímpico e campeão do Mundo em K1 1.000 mostrou igualmente o seu valor nos 500 metros, liderando desde início a prova que concluiu em 1.42,78 minutos, batendo o italiano Mauro Crenna por 54 centésimos de segundo e o dinamarquês Thorbjorn Rask por 56.

Pimenta, que ainda hoje vai tentar uma vaga na final de K1 1.000 metros, vai ter a regata decisiva dos 500 metros no sábado às 15:52 (hora de Lisboa).

Esta é a quinta final para Portugal nos mundiais de canoagem de Halifax, depois do K4 500 metros de João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva e David Fernandes, do K2 500 misto de Fernando Pimenta e Teresa Portela, bem como de Norberto Mourão na classe adaptada de VL2.

Alex Santos, em VL1, teve entrada direta na final de hoje.

+ notícias: Desporto

FC Porto: O Dragão tinha saudades de noites assim. Crónica do jogo

O FC Porto regressou às vitórias ao bater nesta sexta-feira o SC Braga (4-1), no Estádio do Dragão, em partida a contar para a 8.ª jornada da Liga. Evanilson (32m), Eustaquio (34m), Pepê (63m) e Galeno (90m+6) foram os marcadores de serviço nos campeões nacionais, que seguem na segunda posição tabela, com 19 pontos, menos dois do que o Benfica, que tem menos um jogo disputado.

FC Porto: "Dragão" com chama goleia SC Braga e ascende ao segundo lugar (4-1) 

O FC Porto recebeu e venceu os "Guerreiros do Minho" por quatro bolas a uma, na 8ª jornada do campeonato, e ascendeu ao segundo posto, em igualdade pontual com os minhotos. Evanilson, Eustáquio, Pepê e Galeno foram os autores dos golos, numa noite em que a festa se fez de azul e branco. 

"Isto tem de ser o mínimo que temos de fazer". A reação do 'plantel azul e branco' à vitória

Eustaquio, Pepê e Mehdi Taremi analisaram a vitória expressiva frente ao SC Braga (4-1)