Câmara de Almeida pede rapidez na execução da nova ligação da autoestrada a Vilar Formoso

| Política
Porto Canal / Agências

Almeida, Guarda, 22 jul 2022 (Lusa) - O presidente da Câmara Municipal de Almeida, António José Machado, apelou hoje ao Governo para que execute com brevidade a obra da nova ligação de acesso ao centro de Vilar Formoso a partir da autoestrada entre Portugal e Espanha.

Desde a abertura do troço final da autoestrada A25 entre Vilar Formoso e a fronteira com Espanha, em dezembro de 2021, que deixou de ser obrigatório atravessar a vila fronteiriça, situação que preocupa autarcas e moradores.

António José Machado apelou hoje ao Governo para que acelere o processo, de modo que a obra comece "o mais rápido possível".

"A nossa pretensão era a de que [o projeto no terreno] fosse iniciado o mais breve possível, para [a obra] começar no final do ano", disse o autarca aos jornalistas, em Vilar Formoso, à margem da inauguração de um 'photopoint' para que emigrantes e turistas passem pela vila e dinamizem a economia local.

O autarca considerou tratar-se de "uma ligação importante" para a região, para dinamização da economia e para a manutenção de empregos.

Referiu que o projeto da nova ligação rodoviária tem o estudo prévio concluído e aprovado pela Infraestruturas de Portugal, seguindo-se agora o projeto de execução.

António José Machado recordou que o objetivo do município que lidera era o de que o novo troço rodoviário pudesse ser executado antes da abertura da autoestrada que "retirou muito do trânsito" do interior de Vilar Formoso.

"Nota-se menos movimento, mas a procura de restaurantes e serviços ainda se mantém alguma. Aquele viajante de ocasião que parava perdeu-se, mas os clientes habituais continuam a escolher Vilar Formoso e a região para o descanso obrigatório", disse.

O presidente do município de Almeida também referiu que "há um projeto de remodelação do parque TIR e inclui a ligação da zona do acesso ao Parque TIR atual para dentro de Vilar Formoso".

"Esse projeto está concluído, estamos na fase de entrega das últimas alterações. Está aprovado pela Infraestruturas de Portugal, haverá condições de lançá-lo em breve, sempre que haja um programa que o apoie ou a responsabilidade da execução seja assumida pelo Governo", explicou.

Segundo o autarca de Almeida, no distrito da Guarda, os dois projetos previstos para Vilar Formoso rondam um investimento global de quatro milhões de euros.

Na opinião do responsável, a construção da nova ligação rodoviária a Vilar Formoso e a remodelação do Parque TIR são "âncoras" para manter clientes nos estabelecimentos comerciais situados na principal fronteira terrestre do país.

A Infraestruturas de Portugal (IP) abriu ao tráfego, no dia 20 de dezembro de 2021, o troço final da A25 entre Vilar Formoso (Almeida) e a fronteira com Espanha, em Fuentes de Onõro.

A autoestrada facilitou a ligação rodoviária entre ambos os países, mas originou preocupações para autarcas e moradores que temem que os emigrantes e os turistas, que anualmente animam os negócios locais, deixem de parar na fronteira, como era hábito acontecer.

 

ASR // SSS

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Manuel Pizarro renuncia cargo da empresa da qual era sócio-gerente

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, renunciou o cargo da empresa na área da saúde da qual era sócio-gerente. Segundo avança a 'SIC Notícias', o gabinete do atual ministro da Saúde adiantou que a "empresa em causa irá dar continuidade ao processo de dissolução".

CNE diz que propaganda política é “livre” e vê possível crime da Câmara de Lisboa

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) considera que a atividade de propaganda política é “livre” em locais públicos e que a retirada de ‘outdoors’ em Lisboa por parte da Câmara Municipal pode constituir crime.

Marcelo anuncia próxima reunião do Grupo de Arraiolos para 05 e 06 de outubro no Porto

O Presidente da República anunciou esta quinta-feira que a 18.ª reunião do Grupo de Arraiolos, que junta anualmente chefes de Estado não executivos da União Europeia, se irá realizar em 05 e 06 de outubro do próximo ano, no Porto.