PJ faz novas buscas sobre a atribuição de nacionalidade portuguesa a judeus sefarditas

PJ faz novas buscas sobre a atribuição de nacionalidade portuguesa a judeus sefarditas
| Norte
Porto Canal / Agências

A Polícia Judiciária (PJ) realizou hoje novas buscas no âmbito do processo que investiga alegadas ilegalidades na emissão, pela comunidade judaica do Porto, de certificados de nacionalidade portuguesa a judeus sefarditas, disse à agência Lusa fonte judicial.

Em comunicado, a PJ refere que, no âmbito da operação Porta Aberta e de um inquérito que corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal, desencadeou, na zona norte do país, uma operação "com vista à execução de mandados de busca e apreensão".

"As buscas realizaram-se em residências, escritórios de advogados e escritórios de contabilidade e contaram com a intervenção de um JIC [juiz de instrução criminal] e de uma Procuradora da República", lê-se no comunicado.

A PJ acrescenta que esta operação "sucede a outras", já realizadas em março, também no Norte do país, "relacionadas com a regularidade e licitude do procedimento de aquisição de nacionalidade Portuguesa (...), e surge da necessidade de obter prova em novos locais entretanto identificados na investigação já desenvolvida".

No inquérito investigam-se factos suscetíveis de enquadrar a prática dos crimes de corrupção, de falsificação de documentos, de branqueamento, de fraude fiscal e de tráfico de estupefacientes.

A PJ diz ainda que prossegue as investigações, "no sentido de esclarecer a natureza e a dimensão da atividade criminosa em investigação".

Em março deste ano, o rabino da comunidade israelita do Porto, Daniel Litvak, foi detido pela PJ e, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, ficou a aguardar o desenvolvimento do processo com o termo de identidade e residência e teve de entregar o passaporte.

Um dos casos de atribuição de nacionalidade portuguesa em investigação relaciona-se com o oligarca russo Roman Abramovich, antigo proprietário do clube de futebol Chelsea (Reino Unido), que se tornou cidadão português ao abrigo da Lei da Nacionalidade para os judeus sefarditas.

Em causa estarão alegadas irregularidades cometidas em processos de atribuição da nacionalidade portuguesa a descendentes de judeus sefarditas, que se encontram em investigação. Judeus sefarditas são judeus originários da Península Ibérica expulsos de Portugal no século XVI.

+ notícias: Norte

Populares e ativistas marcaram presença num protesto contra a exploração de lítio na mina do Barroso

Na manhã desta terça-feira, dezenas de populares e ativistas marcaram presença numa manifestação contra a exploração de lítio na mina do Barroso. A arruada simbólica serviu de alerta para os impactos ambientais e para a escassez de água de que a região enfrenta e que a extração mineira pode agravar.

Trabalhadores da maior produtora de cogumelos frescos em greve por melhores salários e condições de trabalho

Os trabalhadores das unidades de produção da maior produtora de cogumelos frescos do país estiveram em greve ao longo desta terça-feira. Ao que apurou o Porto Canal, os trabalhadores exigem um aumento dos salários, do subsídio de alimentação e ainda melhores condições de trabalho.

Uso "desenfreado" de trotinetes aumentou "medo de usar o espaço público" em invisuais

O uso "desenfreado e sem civismo" de trotinetes aumentou o medo de usar o espaço público nas pessoas invisuais, agudizando o sentimento de isolamento de quem não vê, denunciou esta terça-feira a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.