Mongólia diz que novo gasoduto Rússia -- China avança conforme planeado

| Mundo
Porto Canal / Agências

A ministra dos Negócios Estrangeiros da Mongólia, Battsetseg Batmunkh, assegurou hoje, durante uma reunião em Ulan Bator com o seu homólogo russo Serguei Lavrov, que o projeto de construção do novo gasoduto Rússia-China em solo mongol "progride conforme o planeado".

O gasoduto prevê a construção de um gasoduto de 962 quilómetros, com cinco estações de compressão em território mongol.

Durante a reunião, Batmunkh enfatizou a necessidade de "intensificar" o estabelecimento do corredor económico China -- Mongólia - Rússia, do qual faz parte a recém-inaugurada ponte fronteiriça Heihe, no norte da China, segundo a agência de notícias local Montsame.

O plano, assinado em 2016, faz parte do que é oficialmente conhecido como Iniciativa 'Uma Faixa, Uma Rota'. O gigante projeto de infraestruturas internacional, lançado pela China, visa ligar o Sudeste Asiático, Ásia Central, África e Europa, através de novas rotas comerciais.

Ambos os governantes destacaram o desenvolvimento bem-sucedido da aliança estratégica abrangente entre os dois países e expressaram o seu compromisso de fortalecê-la.

Na reunião, acrescenta a agência mongol, foram discutidos os acordos alcançados durante a visita à Rússia do Presidente mongol, Ukhnaa Khurelsukh, no ano passado, além de "avaliar o estado atual das relações" e trocar opiniões sobre cooperação futura.

Lavrov também fez uma visita de cortesia a Khurelsukh, na qual expressou a disposição do país em continuar a cooperar com a Mongólia "em todos os aspetos", segundo a Monsame.

+ notícias: Mundo

Covid-19: Nova geração de vacina, direcionada à variante Omicron, aprovada no Reino Unido

Uma nova geração da vacina da farmacêutica Moderna contra a covid-19, visando a variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2 foi aprovada no Reino Unido, anunciou hoje a entidade reguladora britânica para os medicamentos.

Johnson & Johnson suspende venda de pó de talco para bebés em todo o mundo em 2023

A Johnson & Johnson vai suspender em 2023 a venda do pó de talco para bebés em todo o mundo, após milhares de reclamações sobre a segurança do produto, suspenso já há dois anos nos Estados Unidos e Canadá.

Morreu o cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, autor de "O Menino Nicolau"

O cartoonista francês Jean-Jacques Sempé, conhecido pelas suas ilustrações em "O Menino Nicolau" e pelos seus desenhos humorísticos nos jornais, morreu hoje aos 89 anos, confirmou a sua mulher, Martine Gossieaux Sempé, à agência de notícias AFP.