Encontrado corpo de pescador desaparecido em praia de Viana do Castelo

Encontrado corpo de pescador desaparecido em praia de Viana do Castelo
Foto: Paulo Novais
| Norte
Porto Canal / Agências

O corpo de um pescador de 57 anos, que estava desaparecido desde ontem à tarde, foi encontrado este domingo de manhã na praia da Arda, em Afife, Viana do Castelo.

O corpo de um pescador lúdico que desapareceu no sábado na praia da Ínsua, em Afife, Viana do Castelo, foi este domingo encontrado na praia contígua, da Arda, referiu o capitão do porto local.

Segundo Rui da Silva Lampreia, o homem de 57 anos, residente no distrito de Braga, deslocou-se no sábado, para Viana do Castelo para pescar.

Rui da Silva Lampreia, que é também comandante da Polícia Marítima (PM) de Viana do Castelo, adiantou que “o corpo foi encontrado retido entre as rochas e o areal“, sendo que o alerta foi dado cerca das 08h30, por um outro pescador lúdico que ia pescar polvo.

O corpo foi retirado do mar pelo Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) e pelos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo.

O capitão do porto acrescentou que “pelos ferimentos que apresentava na cabeça, o homem terá caído e perdido a consciência, acabando por morrer com a subida da maré“.

O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Viana do Castelo, para autópsia.

No sábado, em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional informou que o alerta foi recebido pelas 20h00 do dia 02 de julho, através de um familiar da vítima, a informar que teria saído de casa para pescar e não tinha ainda regressado, tendo sido iniciadas buscas.

+ notícias: Norte

Combate estabilizado no Marão com previsão de melhorias à noite

O combate ao incêndio que lavra na serra do Marão, em Vila Real, está estabilizado, apesar da maior intensidade do vento, sendo esperadas melhorias com o cair da noite, disse à Lusa o segundo comandante distrital da Proteção Civil.

Fogo no Marão com duas frentes em zona de "difíceis acessos"

O incêndio que lavra desde a noite de sábado na serra do Marão tem duas frentes ativas em zonas de "difíceis acessos", mas não ameaça populações, disse à Lusa o segundo comandante operacional da Proteção Civil de Vila Real.

Obras na linha do Norte perturbam normal funcionamento dos comboios 

As obras na linha do Norte têm estado a perturbar o normal funcionamento dos comboios. Segundo sabe o Porto Canal, em causa está o projeto para o troço ferroviário entre Espinho, distrito de Aveiro, e Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.