Congresso PSD: Moreira da Silva avisa que "existem outras dimensões" além da unidade

| Política
Porto Canal / Agências

O candidato a líder do PSD derrotado, Jorge Moreira da Silva, avisou hoje que a “unidade é um momento importante” para o partido, mas “existem outras dimensões”.

A unidade é um momento importante para o futuro do partido, mas existem outras dimensões para além da unidade”, alertou, à chegada ao pavilhão Rosa Mota, no Porto, onde decorre o 40.º Congresso do PSD.

Questionado sobre o discurso do presidente eleito, Luis Montenegro, o candidato derrotado nas eleições diretas de 28 de maio mostrou-se agradado: “Gostei da intervenção na medida em que é uma intervenção combativa, que faz uma crítica forte ao desnorte que se vive hoje com o Governo e que preanunciou um conjunto de propostas”.

Segundo Moreira da Silva, o presidente eleito fez um “belíssimo discurso, com uma boa reação dos militantes”.

O ex-ministro de Passos Coelho recusou-se a adiantar qual será o seu papel no partido de futuro, prometendo que o fará no seu discurso perante os delegados.

“Acho que é uma questão de princípio (…) considero que é meu dever, em primeiro lugar, dizer aos militantes aquilo que eu vou fazer nos próximos tempos, em que medida é que eu interpreto os apelos à unidade e como eu próprio me envolverei nesse esforço”, disse.

O 40º Congresso do PSD termina domingo, no Porto, com a posse dos novos órgãos dirigentes e o discurso final de Luis Montenegro.

+ notícias: Política

António Costa garante que Alemanha "pode contar 100% com o empenho de Portugal" para construção de gasoduto

O primeiro-ministro garantiu hoje que "a Alemanha pode contar 100% com o empenho de Portugal para a construção do gasoduto", depois de o chanceler alemão ter apelado à construção dessa infraestrutura para reduzir a dependência de gás russo.

Marcelo Rebelo de Sousa diz que lei não permite uso de escusas de responsabilidade

O Presidente da República defendeu que, em regra, a lei não permite o uso das escusas de responsabilidade e que, em política, quando se tem razão, é muito importante saber explicar aos portugueses a razão que se tem. Estas declarações do Presidente da República surgem numa altura em que muitos médicos têm apresentado escusas de responsabilidade por considerarem que não estão reunidas as condições necessárias para desempenharem as funções cumprido as regras da boa prática médica.

Ensino superior terá aumento de 3,7% e tutela retoma fórmula de financiamento

O ensino superior deverá contar com um aumento de 44 milhões de euros no Orçamento do Estado para 2023, mais 3,7% face a 2022, anunciou esta quarta-feira a tutela, adiantando também que vai voltar a aplicar a fórmula de financiamento.