Taxa de poupança das famílias cai para 8,3% no 1.º trimestre

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 24 jun 2022 (Lusa) - A taxa de poupança das famílias caiu 2,4 pontos percentuais no primeiro trimestre face ao anterior, para 8,3% do rendimento disponível, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O rendimento disponível bruto das famílias aumentou 1,4% no primeiro trimestre face ao trimestre anterior, com crescimentos de 1,7% e 2,4% das remunerações e do Valor Acrescentado Bruto (VAB), respetivamente, indicam as contas nacionais trimestrais por setor institucional do INE.

Porém, a despesa de consumo final aumentou 4,1% (face a 2,3% no trimestre anterior), "determinando a redução da taxa de poupança para 8,3% (10,7% no trimestre anterior), o que, em conjunto com o aumento do investimento, conduziu à redução da capacidade de financiamento em 1,9 pontos percentuais (p.p.), para 2,4% do PIB", explica o INE.

DF // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Gasolina vendida 1,8 cêntimos e gasóleo 2,2 cêntimos acima da referência

A média dos preços nas gasolineiras ficou, na semana entre 08 e 14 de agosto, no caso da gasolina, 1,8 cêntimos e no gasóleo 2,2 cêntimos acima do preço médio semanal determinado pela ERSE, segundo a entidade.

Lisboa, Funchal e Porto registam crescimento de dormidas em junho face a 2019

Lisboa, Funchal e Porto registaram crescimento de dormidas em junho face a 2019, sendo "mais expressivos nos residentes", de acordo com dados da atividade turística hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Passageiros nos aeroportos sobem 344% no 1.º semestre e aproximam-se de valores pré-pandemia

O número de passageiros movimentados nos aeroportos nacionais subiu 344% no primeiro semestre em termos homólogos, para 24,3 milhões, com o mês de junho a crescer 186%, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).