Lucro da Ramada sobe 73% para quase 5 ME no 1.º trimestre

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 23 jun 2022 (Lusa) -- A Ramada Investimentos e Indústria totalizou quase cinco milhões de euros de lucro nos primeiros três meses do ano, mais 73,3% do que em igual período do ano anterior, foi hoje comunicado ao mercado.

"O resultado líquido consolidado registado no primeiro trimestre de 2022 no valor de 4.952 milhares de euros, apresentou um crescimento de 73,3% face ao resultado líquido do período homólogo do ano anterior", lê-se na informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Entre janeiro e março, as receitas totais do grupo ascenderam a 54,1 milhões de euros, uma subida de 67,8%, em comparação com o mesmo período de 2021.

No primeiro trimestre, os custos totais aumentaram 68,5% para 46,4 milhões de euros.

Por sua vez, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) da Ramada fixou-se em 7,7 milhões de euros, mais 63,6% do que no primeiro trimestre de 2021.

"Os investimentos realizados pelo grupo Ramada durante o primeiro trimestre de 2022 ascenderam a aproximadamente 450.000 euros", indicou.

Em 31 de março, o endividamento nominal líquido representava nove milhões de euros, sendo que no final de dezembro de 2021 era de 11 milhões de euros.

Por segmento, no primeiro trimestre, as receitas totais da indústria foram de quase 52,3 milhões de euros, traduzindo um crescimento de 71,8%.

Já as receitas totais do segmento imobiliário situavam-se aproximadamente em 1,9 milhões de euros, uma progressão homóloga de 2% face a 2021.

PE // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Viticultores do Douro acreditam que a colheita deste ano vai ficar mais abaixo da anterior

A seca enfraqueceu a qualidade das uvas e com isso os viticultores do Douro acreditam que a colheita deste ano vai ficar mais abaixo do que a do ano passado. No entanto, em forma de combate, surgiu uma aplicação capaz de ajudar na produção de vinho e até na previsão das alterações do clima, com capacidade de mediação em tempo real e também futura.

Descida no preço dos combustíveis atinge valores antes da guerra

Esta segunda-feira ficou marcada pela descida no preço dos combustíveis, cuja redução atingiu valores antes da guerra. A gasolina teve uma descida de 10 cêntimos por litro e o gasóleo desceu cerca de nove cêntimos por litro.

Seca e guerra ameaçam explorações pecuárias. Medidas anunciadas pelo Governo não vão conseguir travar futura crise 

Atualmente a seca e a guerra estão a ameaçar diversas explorações pecuárias causando uma situação dramática. Os profissionais do setor e alguns agricultores disseram que as medidas anunciadas pelo Governo não vão conseguir travar uma futura crise nos produtos alimentares mais básicos.