Douro Azul faz parceria com IEFP para dar formação e quer contratar 60 trabalhadores

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 23 jun 2022 (Lusa) -- A Douro Azul, em conjunto com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), lançou uma campanha de formação para 200 profissionais, dos quais quer contratar 60 para reforçar os cruzeiros no Douro, segundo a empresa.

"A Douro Azul [...] está a lançar uma campanha inédita de formação e recrutamento em todo o país, incluindo Açores e Madeira, em parceria com o IEFP de Vila Nova de Gaia, com o objetivo de reforçar as equipas de bordo dos cruzeiros fluviais no Douro", indicou, em comunicado.

Em resposta à Lusa, fonte oficial da empresa de cruzeiros adiantou que esta iniciativa pretende qualificar "200 profissionais na área da hotelaria e restauração e destes contratar 60".

No âmbito da campanha 'Boost de Qualificações em Hotelaria' são procurados candidatos de todo o país, com o 9.º ano como mínimo de escolaridade, que vão aprender novas competências para as áreas de atendimento, bar/mesa e cozinha.

Os formandos vão receber uma bolsa de 705 euros, alimentação e alojamento, caso não habitem no grande Porto.

As inscrições são efetuadas na plataforma https://careers.smartrecruiters.com/MysticInvestHoldingSA/bqh.

Fundada em 1993, a Douro Azul conta com uma frota de 11 navios-hotel.

PE // MSF

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Viticultores do Douro acreditam que a colheita deste ano vai ficar mais abaixo da anterior

A seca enfraqueceu a qualidade das uvas e com isso os viticultores do Douro acreditam que a colheita deste ano vai ficar mais abaixo do que a do ano passado. No entanto, em forma de combate, surgiu uma aplicação capaz de ajudar na produção de vinho e até na previsão das alterações do clima, com capacidade de mediação em tempo real e também futura.

Descida no preço dos combustíveis atinge valores antes da guerra

Esta segunda-feira ficou marcada pela descida no preço dos combustíveis, cuja redução atingiu valores antes da guerra. A gasolina teve uma descida de 10 cêntimos por litro e o gasóleo desceu cerca de nove cêntimos por litro.

Seca e guerra ameaçam explorações pecuárias. Medidas anunciadas pelo Governo não vão conseguir travar futura crise 

Atualmente a seca e a guerra estão a ameaçar diversas explorações pecuárias causando uma situação dramática. Os profissionais do setor e alguns agricultores disseram que as medidas anunciadas pelo Governo não vão conseguir travar uma futura crise nos produtos alimentares mais básicos.