Um adulto e uma criança morrem em acidente de viação na EN2 em Abrantes

| País
Porto Canal com Lusa

Um adulto e uma criança morreram hoje num acidente na Estrada Nacional 2, em Arrifana, Abrantes, que envolveu um pesado de mercadorias e uma viatura ligeira, disse fonte da Proteção Civil.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, do acidente resultaram ainda quatro feridos ligeiros, entre os quais o condutor do camião, que foram transportados para a unidade de Abrantes do Centro Hospitalar do Médio Tejo (distrito de Santarém).

A fonte adiantou que a viatura ligeira transportava uma família com três filhos, tendo morrido um adulto, com 36 anos, e uma criança, de 08 anos.

O alerta para o acidente foi dado às 10:02 e o trânsito mantinha-se cortado nos dois sentidos às 12:20, sem previsão de reabertura, estando as viaturas a ser desviadas para Abrantes, no sentido de Ponte de Sor, em direção a Bemposta, disse fonte da GNR.

No local estiveram 16 operacionais das corporações de bombeiros de Abrantes, Constância e Ponte de Sor, quatro elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica, com as viaturas de emergência e reanimação de Abrantes e a de suporte imediato de vida de Ponte de Sor, e dois elementos da GNR, afirmou a fonte do CDOS.

+ notícias: País

Mais de 70% dos emigrantes querem regressar a Portugal

Mais de 70% dos portugueses residentes no estrangeiro querem regressar a Portugal, a médio ou longo prazo, e 73% já investiram ou consideram como provável investir no seu país, segundo um inquérito da Sedes divulgado hoje.

Temperaturas sobem a partir de 4.ª e podem atingir 40 graus em algumas regiões

As temperaturas vão subir a partir de quarta-feira em Portugal continental, podendo atingir os 40 graus Celsius na quinta-feira em algumas regiões, levando a um aumento significativo do perigo de incêndio rural, Segundo o IPMA.

TAP: "Reconhecemos que não estamos a oferecer serviço de excelência"

Christine Ourmières-Widener, presidente executiva da TAP, reconheceu, esta segunda-feira, que a companhia aérea não "está a oferecer o serviço de excelência" que planeou, face à crise que o transporte aéreo atravessa e que "este fim de semana não foi fácil para a TAP devido a constrangimentos vários".