Giro: Santiago Buitrago vence 17.ª etapa, João Almeida sai do pódio

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Lavarone, Itália, 25 mai 2022 (Lusa) -- O ciclista colombiano Santiago Buitrago (Bahrain Victorious) venceu hoje a solo a 17.ª etapa da Volta a Itália, enquanto o equatoriano Richard Carapaz (INEOS) segurou a liderança da geral, com João Almeida (UAE Emirates) a sair do pódio.

Buitrago, de 22 anos, cumpriu os 168 quilómetros entre Ponte di Legno e Lavarone em 4:27.41 horas, sendo 35 segundos mais rápido do que o neerlandês Gijs Leemreize (Jumbo-Visma), segundo, com o checo Jan Hirt (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) no terceiro posto, a 2.28 minutos.

Na luta pela geral, Carapaz foi quinto e ganhou tempo a alguns rivais, incluindo o português João Almeida, que caiu para fora do pódio, sendo agora quarto, a 1.54 minutos. O australiano Jai Hindley (BORA-hansgrohe) é segundo, a três segundos do equatoriano, e o espanhol Mikel Landa (Bahrain Victorious) cedeu terreno para o líder, mas subiu a terceiro, a 1.05 minutos.

Na quinta-feira, a 18.ª etapa liga Borgo Valsugana a Treviso em 156 quilómetros, com um traçado menos montanhoso, propício a uma chegada em pelotão compacto.

SIF // AMG

Lusa/Fim

+ notícias: Desporto

PSP suspeita de No Name Boys nos desacatos em Guimarães. Investigações já estão em curso

23 portugueses foram identificados pela Polícia de Segurança Pública na sequência das perturbações na cidade por parte de adeptos do Hajduk Split. O Porto Canal avançou em primeira mão que estes portugueses se tratavam de membros da claque No Name Boys. Agora, o jornal PÚBLICO confirma que a PSP já iniciou investigações ao grupo benfiquista.

Adeptos croatas destroem Centro Histórico de Guimarães. Autarca da cidade contesta atuação da polícia

Foram identificados pelas autoridades 154 adeptos, entre simpatizantes do clube croata Hadjuk Split e 23 portugueses, na sequência dos desacatos que ocorreram, na noite de terça-feira, na cidade de Guimarães e que se prolongaram até à cidade do Porto.

O que une as claques do Benfica e Hajduk Split: os adeptos do FC Porto espancados e as juras de irmandade

Das 154 pessoas identificadas na noite desta quarta-feira após os desacatos de Guimarães, 23 são portugueses. Fontes da polícia e adeptos do Vitória SC indicam tratarem-se de membros da claque benfiquista No Name Boys. De onde vem a ligação entre croatas e portugueses?