Washington pede ao Líbano para formar Governo rapidamente após as eleições

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 20 mai 2022 (Lusa) -- Os Estados Unidos saudaram hoje a realização de eleições legislativas no Líbano, "sem grandes incidentes de segurança", e instaram a classe política a "formar rapidamente" um Governo capaz de "salvar a economia" do país.

"Elogiamos os libaneses pela sua participação, apesar das circunstâncias difíceis," disse o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Ned Price, num comunicado, onde também saudou as forças de segurança por manterem a ordem durante o processo eleitoral.

"Compartilhamos as preocupações levantadas pelos nossos parceiros na comunidade internacional sobre acusações de compra de votos, clientelismo e casos de intimidação", acrescentou Ned Price.

"Pedimos às autoridades eleitas e líderes políticos do país que atendam ao apelo libanês por mudança e trabalhem séria e urgentemente nas medidas necessárias para salvar a economia," acrescentou o porta-voz.

Para surpresa geral, o poderoso movimento armado do Hezbollah pró-iraniano perdeu a maioria no Parlamento libanês nas eleições legislativas que se realizaram no domingo e que foram marcadas por um crescimento eleitoral de candidatos independentes apoiados por movimentos de protesto popular contra a classe política.

O Hezbollah é considerado uma "organização terrorista" por Washington.

O Líbano atravessa uma grave crise socioeconómica, atribuída por grande parte da população, organizações internacionais e países estrangeiros à corrupção e inércia da classe dominante, que se mantém inalterada há várias décadas.

RJP // PDF

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Suspeito de ataque em Copenhaga tem antecedentes psiquiátricos

O alegado autor de um tiroteio ocorrido no domingo em Copenhaga, que fez três mortos e quatro feridos graves, tem antecedentes de doença psiquiátrica, indicou hoje a polícia dinamarquesa, afirmando não haver indícios de "um ato terrorista".

Vários mortos em tiroteio na Dinamarca. Suspeito é dinamarquês e tem 22 anos

Várias pessoas morreram num tiroteio no centro comercial Field's, em Copenhaga, capital da Dinamarca, revelou a polícia. Uma pessoa foi detida.

Rússia anuncia controlo total da região ucraniana de Lugansk. Ucrânia desmente. 

O ministro da Defesa russo Serguei Shoigu afirmou hoje que as forças russas controlam toda a região ucraniana de Lugansk, no Donbass, depois de conquistada a cidade-chave de Lisichansk, alvo de combates intensos nos últimos dias.