Guimarães ainda não aceitou a transferência de competências na área da educação

| Política
Porto Canal

O município de Guimarães ainda não aceitou a transferência de competências na área da educação, mas a partir do dia um de abril será obrigada. Em declarações ao Porto Canal a Vereadora da educação da CM de Guimarães explicou que "foram adiando este passo porque a transferência de competências concentra-se numa carga administrativa" o que exige "uma carga de trabalho para o município assumir administrativamente no âmbito das suas próprias competências tudo isto".

A Vereadora da educação referiu ainda que "esta aceitação vai implicar um trabalho diferente com as escolas" o que irá originar "maior pressão no município" devido à proximidade das escolas.

Ainda assim, "vamos fazer o máximo possível para dinamizar a própria autonomia das escolas", admite a Vereadora da educação.

+ notícias: Política

Grupo dos 50 responsabiliza a ministra da Saúde e gestores pela crise nas Urgências

O Grupo dos 50 responsabiliza a ministra da Saúde e gestores pela crise nas Urgências. Este grupo, do qual fazem parte personalidades das mais variadas áreas da sociedade civil, critica a realidade que tem marcado sobretudo os Serviços de Urgência de Ginecologia-Obstetrícia e apela ao Governo para que avance rapidamente com medidas estruturais que garantam a continuidade do Serviço Nacional de Saúde.

Montenegro propõe programa de emergência social no valor de mil milhões de euros

O presidente do PSD anunciou, domingo, que o partido entregou no parlamento uma proposta de programa de emergência social para o período de setembro a dezembro, no valor global de mil milhões de euros de ajuda aos mais necessitados.

Cotrim de Figueiredo acusa PS de transformar Portugal em país "medíocre e incapaz"

O presidente da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, acusou hoje o PS de estar a transformar Portugal num “país medíocre e incapaz”, com uma visão da maioria absoluta “autoritária e prepotente”.