Ponte de Lima diz que exclusão de Arga do concurso do lítio é “decisão esperada”

Ponte de Lima diz que exclusão de Arga do concurso do lítio é “decisão esperada”
| Norte
Porto Canal com Lusa

A Câmara de Ponte de Lima reagiu hoje à exclusão da zona de Arga do concurso público para a prospeção de lítio, considerando ser a “decisão esperada” por vir ao encontro da “tomada de posição” da autarquia.

O município do distrito de Viana do Castelo, presidido por Vasco Ferraz (CDS-PP), adiantou ter estado “desde o primeiro momento ao lado da população”, por entender que a prospeção de lítio na Serra d’Arga “seria atentatória da qualidade de vida e do bem-estar das populações, e totalmente incompatível com a estratégia definida” para aquele território.

A Câmara de Ponte de Lima destacou ainda que um projeto daquela natureza “colocaria em causa avultados investimentos públicos e privados, de âmbito material e imaterial, já realizados e outros previstos” para a Serra d’Arga.

Na quarta-feira, o Ministério do Ambiente e Ação Climática (MAAC) informou da exclusão da zona de Arga do concurso público para a pesquisa e prospeção de lítio.

No caso da área denominada Arga, núcleo constituído pelas freguesias de Arga de Baixo, Arga de Cima e Arga de São João, no concelho de Caminha, a Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) promovida pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) concluiu que face à “expectável classificação” da Serra d’Arga como Área Protegida, “mais de metade da superfície é considerada interdita ou a evitar”.

A Serra d'Arga abrange os concelhos de Caminha, Vila Nova de Cerveira, Viana do Castelo e Ponte de Lima e está atualmente em fase de classificação como Área de Paisagem Protegida de Interesse Regional.

O processo de classificação da Serra d’Arga como Área de Paisagem Protegida de Interesse Regional foi iniciado em 2017, pelos municípios de Caminha, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira, na sequência de estudo realizado no âmbito do projeto "Da Serra d'Arga à Foz do Âncora" apoiado por fundos do Norte 2020.

O desenvolvimento da classificação aguarda a constituição da Associação de Municípios da Serra d’Arga que junta os municípios de Caminha (PS), Paredes de Coura (PS), Ponte de Lima (CDS-PP), Viana do Castelo (PS) e Vila Nova de Cerveira (PS).

A Serra d'Arga abrange uma área de 10 mil hectares, dos quais 4.280 hectares encontram-se classificados como Sítio de Importância Comunitária.

Além de Arga, a AAE, que incidiu em oito áreas com potencial de existência de lítio, excluiu ainda a área de Segura, em Castelo Branco, e viabilizou a pesquisa e prospeção daquele mineral em seis zonas, mas com “redução de área inicial para metade”.

A AAE viabilizou as áreas denominadas “Seixoso-Vieiros”, que abrange os concelhos de Fafe, Celorico de Basto, Guimarães, Felgueiras, Amarante e Mondim de Basto, “Massueime”, que atinge os municípios de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, Trancoso e Meda, “Guarda-Mangualde C (Blocos N e S)”, que inclui Belmonte, Covilhã, Fundão e Guarda, “Guarda-Mangualde E”, que abrange Almeida, Belmonte, Guarda e Sabugal, “Guarda-Mangualde W”, que inclui Mangualde, Gouveia, Seia, Penalva do Castelo, Fornos de Algodres e Celorico da Beira, bem como “Guarda-Mangualde NW”, área que inclui os municípios de Viseu, Satão, Penalva do Castelo, Mangualde, Seia e Nelas.

O concurso público “poderá avançar nos próximos 60 dias”, sendo que após aquele procedimento e a prospeção (a decorrer num prazo máximo de cinco anos) poderá iniciar-se a exploração de lítio, com cada um dos projetos a ser sujeito a Avaliação de Impacto Ambiental.

+ notícias: Norte

Rui Moreira lembra "Bibota" como "uma pessoa encantadora e um jogador de eleição"

O Presidente da Câmara Municipal do Porto recordou Fernando Gomes, "bibota" de ouro, no dia da morte do melhor marcador da história do FC Porto. Rui Moreira lembrou Fernando Gomes como “uma pessoa encantadora e um jogador de eleição”. 

Liga decreta minuto de silêncio em jogos do fim de semana em homenagem a "Bibota"

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional decretou um minuto de silêncio nos jogos deste fim de semana da Taça da Liga, em homenagem ao ex-futebolista Fernando Gomes, que morreu este sábado, aos 66 anos.

Famalicão: 180 mil euros na animação da quadra natalícia

A Câmara de Vila Nova de Famalicão vai investir 180 mil euros na animação da quadra natalícia, sendo a maior fatia (120 mil euros) destinada às iluminações.