Guerra na Ucrânia - Clique aqui e veja os pontos essenciais
Info

Número de processos penais abertos pela Judiciária de Macau sobe 23,6% em 2021

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Macau, China, 27 jan 2022 (Lusa) - A Polícia Judiciária (PJ) de Macau anunciou hoje ter aberto, no ano passado, 9.583 processos penais, dos quais 4.915 de inquérito e denúncia, num aumento de 23,6%, ou 937 processos, relativamente a 2021.

De acordo com o relatório "Trabalho da PJ -- instauração de processos, trabalhos de execução da lei e policiamento de proximidade em 2021", 1.831 indivíduos foram apresentados ao Ministério Público (MP), o que representa um aumento de 6,5% em relação a 2020.

"Ao nível dos crimes graves, manteve-se ainda uma baixa taxa de ocorrência", com três casos de homicídio e "seis de agressões graves à integridade física, causados principalmente por conflitos entre familiares e amigos", indicou a PJ, em comunicado.

Em 2021, a PJ abriu 1.372 crimes relacionados com jogo, num aumento de 23,2% em termos anuais.

"Continuaremos a realizar avaliações de risco sobre o impacto das mudanças na indústria do jogo na situação da lei e da ordem e na estabilidade social, e a reforçar a cooperação com a Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos, as indústrias do jogo e da hotelaria para manter o 'ambiente da lei e da ordem' dentro e fora dos casinos", referiu a PJ, no documento.

Em 2021, a PJ registou 31 casos de furto em residência, ou mais dois do que no ano anterior, num ligeiro aumento de 6,9%.

Em 25 destes casos, as autoridades policiais indicaram que os valores furtados rondaram quatro milhões de patacas (cerca de 443 mil euros).

Apesar de o número de casos de crimes graves ser ter mantido no ano passado semelhante ao registado em 2020, a PJ contabilizou um aumento significativo no número de "burlas e crimes informáticos", desde o início da pandemia de covid-19 por a população recorrer cada vez mais à internet e ainda por o "'modus operandi' do crime informático e cibernético ser "cada vez mais complexo e baseado na tecnologia".

Em 2021, foram instaurados 1.676 inquéritos de crime informático, o que corresponde a uma subida de 34,4% comparativamente com 2020, sendo uma subida de cerca de 2,5 vezes em relação a 2019, indicou a força policial.

No ano em análise, foram abertos 89 processos de investigação sobre casos de fraude telefónica, num aumento de 58 casos em relação a 2020 (31 casos).

Entre 2020 e 2021, mais de metade das fraudes telefónicas envolveram esquemas de "imitação de funcionários governamentais", e o número de casos de "adivinha de quem sou" aumentou de 12,9% para 27% em 2021, indicou.

"Cerca de 60% das vítimas que relataram perdas tinham 34 anos ou menos" acrescentou a PJ, dando conta ainda de 64 casos de chantagem por 'chat' de nus.

Em termos de tráfico de droga, a polícia abriu 61 casos, um aumento de quatro casos em termos anuais.

No relatório, a PJ destacou a adesão ao "conceito global de segurança nacional", através de "esforços abrangentes" para salvaguardar a segurança nacional da China, trabalhar em conjunto para reforçar a "linha de defesa" antipandémica e acelerar o desenvolvimento da segurança cibernética.

JYW // JMC

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Militar cercado em Azovstal partilha fotografias do interior dos abrigos. Veja as imagens aqui

Um militar ucraniano do regimento Azov colocou à disposição do público uma seleção de fotografias tiradas no interior da fábrica de aço Azovstal, último reduto da resistência ucraniana na cidade portuária de Mariupol.

Putin ameaça com ataques "relâmpago" em caso de intromissão estrangeira

O Presidente russo, Vladimir Putin, ameaçou hoje que responderá com um ataque "relâmpago" a qualquer ingerência estrangeira na Ucrânia, onde está há dois meses em curso uma guerra desencadeada pela invasão do exército russo.

Pelo menos nove civis mortos por bombardeamentos russos no leste e sul da Ucrânia

Pelo menos nove civis morreram hoje na sequência de bombardeamentos do exército russo no leste e sul da Ucrânia, anunciaram as autoridades locais. De acordo com informações do governador da região de Lugansk (leste da Ucrânia), Sergey Gadai, três civis morreram debaixo de escombros de um prédio atingido por um bombardeamento na cidade de Popasna, para onde tinham fugido a fim de, segundo a mesma fonte, "se proteger de mísseis russos".

Um outro bombardeamento, que atingiu a cidade de Kharkiv (também no leste), a segunda maior da Ucrânia, matou três pessoas e deixou sete feridas, duas delas com gravidade, anunciou o governador regional, Oleg Synegoubov, apelando aos moradores para terem "muito cuidado e, se possível, não saírem dos abrigos".

Outros dois civis foram mortos e seis ficaram feridos na região de Donetsk, segundo o governador, Pavlo Kyrylenko.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.