Covid-19: Período de isolamento de assintomáticos passa para sete dias

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 05 jan 2022 (Lusa) -- O período de isolamento para as pessoas assintomáticas que testam positivo ao SARS-CoV-2 e têm doença ligeira passa a partir de hoje a ser de sete dias, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

As normas atualizadas pela DGS também reduzem para sete dias o isolamento dos contactos de alto risco, mas alteram as definições destes contactos, que só entram em vigor na próxima segunda-feira.

Assim, passam a ser considerados contactos de alto risco os coabitantes do caso confirmado, exceto se tiverem esquema vacinal completo com dose de reforço, quem resida ou trabalhe em lares ou outras respostas dedicadas a pessoas idosas, comunidades terapêuticas e de inserção social, bem como em centros de acolhimento temporário, de alojamento de emergência e na rede de cuidados continuados.

De acordo com as normas hoje atualizadas, o período de isolamento será de 10 dias para quem desenvolve doença moderada e 20 para quem desenvolve doença grave e para quem tem problemas de imunodepressão, independentemente da gravidade da evolução clínica.

SO // SB

Lusa/Fim

+ notícias: País

Governo alerta para nova vaga de calor começa este fim de semana e prolonga-se até setembro

O Governo alertou, esta quarta-feira, depois de uma reunião do IPMA para o aumento das temperaturas a partir do fim de semana que se vão prolongar até setembro. 

Incêndios: Cerca de 50 concelhos do interior Norte e Centro, Alto Alentejo e Algarve em risco máximo

Cerca de 50 concelhos dos interior Norte e Centro, Alto Alentejo e Algarve estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Sérgio Figueiredo renuncia ao cargo de consultor do ministro das Finanças

Sérgio Figueiredo renunciou ao cargo de consultor do ministro das Finanças, anunciou hoje o ex-antigo diretor de informação da TVI num texto publicado no Jornal de Negócios.