Info

Governo dos EUA apresenta plano para combater o tráfico humano

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 03 dez 2021 (Lusa) -- O Presidente dos Estados Unidos Joe Biden apresentou hoje um plano para combater o tráfico de pessoas no país, problema que "afeta desproporcionalmente" as comunidades mais vulneráveis e negligenciadas do país.

De acordo com um comunicado da Casa Branca, estas comunidades são afetadas por desigualdades sociais e económicas, tornando-se vítimas fáceis para o crime de tráfico humano.

Biden considera que esta situação representa uma "nódoa na consciência" da sociedade norte-americana" e constitui uma "afronta aos ideais que constituem a base da força nacional do país: liberdade, justiça, igualdade e oportunidade".

O Plano de Ação de Combate ao Tráfico de Pessoas, hoje anunciado, sublinha a importância da colaboração entre departamentos na aplicação de recursos em políticas e programas de combate ao tráfico, além de fomentar a cooperação entre Governo federal, entidades estaduais e municipais, o setor privado e outros parceiros não governamentais.

As medidas de prevenção variam "desde educar as populações vulneráveis e atenuar os fatores de risco até tentar impedir que produtos produzidos por trabalho forçado entrem no mercado dos Estados Unidos".

O plano também possui estratégias para responsabilizar os indivíduos e entidades envolvidos no tráfico de pessoas, bem como indicações para desmantelar essas redes.

"O plano é baseado nas vozes e recomendações dos sobreviventes ao longo dos anos sobre como prevenir o tráfico humano e fornecer recursos adequados para proteger e responder às necessidades das pessoas que o vivenciaram", informou a Casa Branca.

Num outro comunicado, o Departamento de Tesouro associa-se a este plano e diz estar empenhado em "alavancar conhecimentos financeiros" para permitir uma eficaz estratégia de desmantelamento das redes de tráfico humano.

A conselheira de Segurança Nacional de Biden, Liz Sherwood-Randall, assegura que o compromisso do Governo dos EUA é "prevenir e punir o tráfico humano em todas as suas formas e abordar as condições sociais e económicas que podem criar maiores vulnerabilidades para grupos marginalizados".

RJP // PDF

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Cientistas descobrem anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19

Uma equipa internacional de cientistas descobriu anticorpos que podem neutralizar as variantes da Covid-19, incluindo esta última variante Ómicron, um estudo que foi desenvolvido por cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos EUA

Deutsche Bank com lucro de 2.510 ME em 2021 obtém melhor resultado em 10 anos

Frankfurt, Alemanha, 27 jan 2022 (Lusa) - O Deutsche Bank obteve em 2021 um resultado líquido de 2.510 milhões de euros, quatro vezes superior ao de 2020 (624 milhões de euros) e o mais elevado desde 2011, foi hoje anunciado.

Renault, Nissan e Mitsubishi investem 23.000 ME na produção de automóveis elétricos

Paris, 27 jan 2022 (Lusa) - A parceria formada pela Renault, Nissan e Mitsubishi vai investir 23.000 milhões de euros nos próximos cinco anos no desenvolvimento e produção de novos automóveis elétricos, pretendendo lançar 35 novos modelos até 2030, foi hoje anunciado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.