Inaugurado hoje Centro de Inclusão Social do Magarão, em Vila Nova de Gaia

| Norte
Porto Canal com Lusa

O Centro de Inclusão Social (CIS) do Magarão, que visa criar condições para a inserção socioprofissional de pessoas com incapacidades físicas e mentais, foi hoje inaugurado em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto.

O CIS do Magarão resulta de um investimento da Câmara Municipal de Gaia, de cerca de 870 mil euros, que permitiu reabilitar, ampliar e adaptar o edifício da antiga escola do Magarão às necessidades deste tipo de equipamentos, "com a criação de novas acessibilidades para pessoas com mobilidade condicionada".

Em informação enviada à agência Lusa, a autarquia acrescenta que o CIS "tem como principal missão a criação de valor social, ao oferecer um conjunto de respostas sociais e profissionais destinadas a adultos com deficiência ligeira (intelectual e/ou física) e incapacidade, com idade igual ou superior a 18 anos e até aos 66 anos, residentes em Vila Nova de Gaia".

O equipamento já está a funcionar desde 03 de setembro, contando já com 33 utentes, mas a inauguração acontece hoje, pelas 10:00, e contará com a presença da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho.

"O Centro de Inclusão Social do Magarão é, para Vila Nova de Gaia, uma iniciativa inovadora, dedicada à luta pela dignidade do ser humano e à promoção de uma cidade inclusiva, socialmente mais justa e mais acessível para todos, sendo a capacitação e a inserção no mercado de trabalho das pessoas com deficiência ou incapacidade uma prioridade", sustenta a autarquia.

No futuro, diz o município, "pretende-se envolver o tecido empresarial do concelho na inserção profissional do público-alvo" e "promover em parceria com o IEFP [Instituto do Emprego e Formação Profissional] cursos de formação profissional na área da pastelaria".

Além disso, há o objetivo de "criar um serviço de apoio à vida independente, em parceria com os Agrupamentos de escolas e as IPSS [Instituições Particulares de Solidariedade Social] da área da deficiência".

"Vila Nova de Gaia tem trabalhado no enraizamento de uma sociedade democrática e verdadeiramente inclusiva e que se preocupa com as reais necessidades da sua população. Por isso, o CIS -- Centro de Inclusão Social do Magarão surge como uma iniciativa inovadora dedicada à luta pela dignidade do ser humano e à promoção de uma cidade inclusiva, socialmente mais justa e mais acessível para todas e para todos", salienta o presidente da câmara, Eduardo Vítor Rodrigues (PS).

O autarca socialista acredita que este equipamento "irá contribuir para transformar comportamentos junto da população em geral e das empresas".

"Honrando o pilar Europeu dos Direitos Sociais na promoção da igualdade de oportunidades e no acesso ao mercado de trabalho, a proteção e a inclusão social. Trabalhamos para garantir a defesa dos direitos fundamentais da nossa população e, sobretudo, da população com deficiências", frisa Eduardo Vítor Rodrigues.

+ notícias: Norte

Marcelo “engolido” nas festas D'Agonia, enquanto desce avenida principal

Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente, na noite desta sexta-feira, pela primeira vez como Presidente da República na Romaria de Nossa Senhora d’Agonia, em Viana do Castelo, onde uma multidão o recebeu entusiasticamente.

Ponte da Barca apresenta 33 medidas em plano municipal para a poupança de água

O presidente da Câmara de Ponte da Barca apresentou, esta sexta-feira, o plano municipal de gestão da água do concelho que integra 33 medidas de prevenção, mitigação e combate à seca severa, para garantir uma “utilização racional da água”.

Festival Noroeste celebra música do Norte de Portugal e da Galiza

O Festival de Música Noroeste que visa celebrar a música do Norte de Portugal e da Galiza vai animar os próximos dias da cidade de Braga. Nos dias 25, 26 e 27 de agosto espera-se na cidade um conjunto de concertos que cruzam "o local e o global, o tradicional e o contemporâneo e as influências da região milenar do Noroeste Peninsular com a música de fusão, o jazz e a world music", referiu a autarquia.