Info

Atividade do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes aumenta face a ano pré covid-19

Atividade do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes aumenta face a ano pré covid-19
| Norte
Porto Canal com Lusa

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) aumentou a atividade em 2021 comparativamente a 2019, designadamente 1% nas consultas, 9,4% em cirurgias e 16,7% nas sessões de hemodiálise, foi hoje anunciado.

“Estes números são o resultado da retoma da atividade e sua normalização”, afirmou Romeu Pires, diretor da consulta externa, citado num comunicado divulgado pelo CHTMAD, que tem sede social em Vila Real e agrega os hospitais de Chaves e Lamego.

O centro hospitalar disse que a “evolução positiva da resposta assistencial é confirmada pelo acréscimo do número total de consultas” no período de janeiro a outubro de 2021, comparativamente ao período homólogo de 2019. Em 2020, a atividade assistencial foi condicionada pela pandemia de covid-19.

Até outubro de 2021, foram realizadas 270.201 consultas, mais 1% do que no mesmo período de 2019 e mais 13,37% do que em igual período de 2020. De acordo com o centro hospitalar, nas primeiras consultas houve um aumento de 1,5%.

Relativamente à atividade cirúrgica, foram realizadas 13.617 cirurgias, mais 9,4% do que no mesmo período de 2019 e mais 38% do que em 2020.

O CHTMAD especificou que na cirurgia convencional se verificou um aumento de 9,4%, e 11,1% na cirurgia de ambulatório.

“Este aumento deve-se, sobretudo, ao esforço que a instituição está a realizar na conciliação da retoma da atividade e na recuperação das listas de espera provocadas pelo contexto de pandemia”, afirmou Pinto Sousa, diretor do Centro de Gestão de Cirurgia.

Também no hospital de dia, segundo o centro hospitalar, houve um aumento de sessões.

As sessões de hemodiálise aumentaram "significativamente", designadamente mais 16,7% do que no mesmo período de 2019.

Teresa Morgado, diretora do Serviço de Nefrologia, justificou estes resultados “com a criação do Centro de Responsabilidade Integrada – Centro de Diálise, que permitiu alargar a um maior número de doentes a oferta de cuidados prestados e, consequentemente, melhorar a acessibilidade ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) da população da área de influência do CHTMAD”.

O conselho de administração do centro hospitalar afirmou, no comunicado, que “esta realidade não seria possível sem a vontade, colaboração e dedicação dos seus colaboradores que diariamente contribuem para melhorar e aumentar a qualidade dos cuidados de saúde prestados à população”.

+ notícias: Norte

Explosão de etanol em escola superior de Ponte de Lima faz dois feridos graves

Duas funcionárias de 52 e 53 anos ficaram hoje feridas com gravidade na sequência da explosão de etanol de um equipamento que aquecia refeições, na Escola Superior Agrária (ESA), em Ponte de Lima, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Marta Temido diz que "entidades do setor não lucrativo poderão ser envolvidas nos testes"

A ministra da Saúde, Marta Temido, avançou hoje que está a ser estudada a possibilidade de envolver “outras entidades do setor não lucrativo” para que seja possível dar resposta à procura de testes comparticipados de covid-19.

Maquinistas da Metro Porto em greve devido a "impasse de negociações"

Os maquinistas da Metro Porto encontram-se durante esta sexta-feira em greve e, segundo declarações do dirigente do sindicato dos maquinistas, Hélder Silva, ao Porto Canal, disse que esta greve "deve-se ao impasse de negociações com a subconcessionária da Metro Porto" explicando que "já andam em negociações há mais de um ano, mas sem evoluções". Hélder Silva referiu ainda que a greve "está com 100% de adesão" e sem "serviços mínimos".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.