Info

Covid-19: Presidente da Câmara de Gaia defende vacinação também nos centros de saúde

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Nova de Gaia, Porto, 22 nov 2021 (Lusa) -- O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, defendeu hoje a atribuição de responsabilidades aos centros de saúde no processo de vacinação, criticando a manutenção da dinâmica atual que onera as autarquias.

Em declarações no final da reunião quinzenal da autarquia do distrito do Porto, o autarca do PS defendeu ser altura de se começar a "falar menos de centros de vacinação e mais em centros de saúde".

"Há que começar a abrir os centros de saúde, de facto, e colocar lá uma resposta de vacinação, porque, sobretudo nesta altura, a vacinação não pode ocorrer em cima das câmaras municipais, com tudo o que implica de despesas brutais para as autarquias, até na contratação de enfermeiros", acrescentou.

Sobre essa contratação, disse, foi feita pelas autarquias "para aliviar os centros de saúde e para que pudessem dar resposta às pessoas e, chegados a esta altura, os centros de saúde continuam, na sua maioria, a fazer teleconsultas".

"Julgo que é preciso começar a discutir este processo de vacinação, reforçando-a não apenas à conta das câmaras municipais, neste caso da de Gaia, mas também envolvendo os centros de saúde, que está na hora de mostrarem que podem ser um ator importante neste processo de vacinação quando, até hoje, estiveram sempre fora do processo e com os municípios a arcar com as responsabilidades, com os financiamentos e o senhor vice-almirante a levar a medalha", rematou.

A covid-19 provocou pelo menos 5.148.939 mortes em todo o mundo, entre mais de 256,91 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse com base em fontes oficiais.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.339 pessoas e foram contabilizados 1.123.758 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

JFO // MSP

Lusa/fim

+ notícias: Norte

Explosão de etanol em escola superior de Ponte de Lima faz dois feridos graves

Duas funcionárias de 52 e 53 anos ficaram hoje feridas com gravidade na sequência da explosão de etanol de um equipamento que aquecia refeições, na Escola Superior Agrária (ESA), em Ponte de Lima, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Marta Temido diz que "entidades do setor não lucrativo poderão ser envolvidas nos testes"

A ministra da Saúde, Marta Temido, avançou hoje que está a ser estudada a possibilidade de envolver “outras entidades do setor não lucrativo” para que seja possível dar resposta à procura de testes comparticipados de covid-19.

Maquinistas da Metro Porto em greve devido a "impasse de negociações"

Os maquinistas da Metro Porto encontram-se durante esta sexta-feira em greve e, segundo declarações do dirigente do sindicato dos maquinistas, Hélder Silva, ao Porto Canal, disse que esta greve "deve-se ao impasse de negociações com a subconcessionária da Metro Porto" explicando que "já andam em negociações há mais de um ano, mas sem evoluções". Hélder Silva referiu ainda que a greve "está com 100% de adesão" e sem "serviços mínimos".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.