Info

Governo anuncia desconto temporário de 10 cêntimos nos combustíveis

Governo anuncia desconto temporário de 10 cêntimos nos combustíveis
| Política
Porto Canal com Lusa

As famílias vão passar a receber, através do IVAucher, 10 cêntimos por litro de combustível até um limite de 50 litros por mês, anunciou hoje o ministro das Finanças, assinalando que a medida vai ser aplicada entre novembro e março.

A medida, e caráter extraordinário, visa mitigar o efeito da subida dos preços dos combustíveis, referiu João Leão, à entrada para a audição parlamentar no âmbito a apreciação na generalidade do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

A partir e novembro, o apoio dirigido às famílias "vai traduzir-se numa redução de 10 cêntimos por litro até 50 litros por mês", com o valor (que atinge os cinco euros se o consumidor o usar na totalidade) a ser transferido "para a conta das famílias através do IVAucher".

Esta medida inclui-se num pacote de medidas extraordinárias que o Governo vai aplicar até março de 2022 e que também contempla soluções dirigidas especificamente às empresas.

+ notícias: Política

Cerca de 40% dos deputados do PSD eleitos em 2019 vão ficar fora do parlamento

Dos 79 deputados eleitos pelo PSD em 2019, 28 estão fora das listas de candidatos a deputados para as legislativas, a que se somam outros quatro indicados em lugar inelegível, o que corresponde a 40% do total.

Primeiro-ministro destaca importância de parcerias entre empresas e universidades

O primeiro-ministro, António Costa, destacou hoje a importância das parcerias entre as universidades e as empresas para "transformar conhecimento em valor" e, desse modo, "gerar mais e melhor emprego, mais bem remunerado".

José Luís Carneiro prevê "ajustes de contas" de Rui Rio 

José Luís Carneiro, Secretário-geral adjunto do PS, disse, em declarações ao Porto Canal, numa reunião com os autarcas de Braga, que prevê "ajustes de contas de Rui Rio" e, acrescentou ainda que "o PSD tem um trabalho de casa a fazer para se tornar num partido que tenha outra credibilidade para assumir funções executivas". 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.