Vacinação mantém-se no Pavilhão das Pedras em Gaia

Vacinação mantém-se no Pavilhão das Pedras em Gaia
| Norte
Porto Canal com Lusa

O centro de vacinação instalado no Pavilhão das Pedras, no centro de Vila Nova de Gaia, não vai encerrar sábado, tal como anunciado pelo presidente da câmara na segunda-feira, esclareceu hoje à Lusa fonte desta autarquia.

"O Pavilhão das Pedras já não encerrará no próximo sábado, face à ausência de alternativas por parte das autoridades de saúde", explicou a fonte à Lusa.

Na segunda-feira, à margem da primeira reunião do executivo municipal após as eleições autárquicas de setembro, o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, anunciou que aquele centro de vacinação iria encerrar no próximo sábado, passando as inoculações a ser feitas no de Grijó, a cerca de 15 quilómetros de distância.

Contudo, o centro no Pavilhão das Pedras já não vai fechar devido à "ausência de alternativas" por parte das autoridades de saúde, sendo o processo da sua responsabilidade, referiu a fonte da câmara.

"Colaborámos até ao limite do possível em termos logísticos e financeiros, estando numa fase em que, por um lado, o pavilhão é necessário para a formação desportiva para a qual foi concebido e, por outro, a vacinação contra a covid-19 pode começar a ser feita nos centros de saúde, como explicou o vice-almirante Gouveia e Melo aquando da extinção da 'task-force´", sustentou a fonte.

Contactada pela Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte confirmou estar a trabalhar para conseguir um espaço alternativa ao Pavilhão das Pedras.

Além disso, a ARS do Norte garantiu ainda não ter data prevista para encerrar aquele centro de vacinação e que, quando tal estiver calendarizado, todos os utentes serão, atempadamente, avisados.

A covid-19 provocou pelo menos 4.910.200 mortes em todo o mundo, entre mais de 241,48 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.109 pessoas e foram contabilizados 1.081.856 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

+ notícias: Norte

Jovem de 23 anos encontrado morto pelos pais

Um jovem de 23 foi encontrado morto, esta manhã, pelos pais em Santa Marta de Penaguião, no concelho de Vila Real.

Mais de 320 mil cigarros apreendidos na Trofa. Introdução fraudulenta no mercado lesa Estado em 54 mil euros

Mais de 320 mil cigarros que se destinavam a ser introduzidos no mercado de forma fraudulenta, prejudicando o Estado em 54 mil euros por falta de pagamento de impostos, foram apreendidos na terça-feira, na Trofa, anunciou esta terça-feira a GNR.

Sindicato diz que médicos do Hospital de Penafiel são vítimas de agressão. Administração minimiza

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) denunciou a ocorrência de vários episódios de violência contra médicos no serviço de psiquiatria do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS). A estrutura sindical pede mais segurança para os profissionais e doentes, melhores condições nos gabinetes médicos e a presença permanente de um vigilante. Ao Porto Canal, a administração do Hospital de Penafiel admite apenas um episódio de violência grave sobre médicos naquele serviço.