Info

Governador do Banco de Portugal diz que subida dos combustíveis "aparentemente descontrolada", mas temporária

| Economia
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 15 out 2021 (Lusa) -- O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, referiu hoje, em Lisboa, que o aumento dos preços, nomeadamente dos combustíveis, deverá ser temporário, apesar de "aparentemente descontrolado", lembrando que o petróleo negociou a preços negativos durante a crise.

"As análises, a nível europeu, dizem-nos que os efeitos são temporários e de natureza fiscal [...]. Quero recordar que se transacionou petróleo a preços negativos durante a crise", Mário Centeno, que falava após um almoço da Câmara do Comércio Americana em Portugal.

Contudo, segundo apontou, assiste-se agora a uma reversão deste cenário "a uma escala significativa e só aparentemente descontrolada".

PE // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Idade da reforma recua para 66 anos e 4 meses em 2023

A idade da reforma deverá recuar para 66 anos e quatro meses em 2023 e o fator de sustentabilidade aplicado às pensões antecipadas cairá para 14,06% em 2022, segundo cálculos com base em dados do INE.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.