Info

Dois mortos por consumo de estupefacientes em Macedo de Cavaleiros

Dois mortos por consumo de estupefacientes em Macedo de Cavaleiros
| Norte
Porto Canal com Lusa

Dois homens morreram em Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, por complicações relacionadas com consumo de estupefacientes, segundo fonte dos bombeiros locais que assistiram as duas vítimas.

Os bombeiros foram acionados, na noite de sábado, pelo CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) para um pedido de socorro a um jovem, que se encontrava no apartamento onde morava, em Macedo de Cavaleiros, segundo a fonte.

De acordo com os bombeiros, o alerta dava conta de que a vítima se encontrava sonolenta e já com algum problema relacionado com o consumo de estupefacientes.

Quando a equipa de socorro chegou ao apartamento, encontrou não um, mas dois jovens, na casa dos 20 anos, em paragem cardiorrespiratória.

Depois de manobras de reanimação, os dois foram transportados para o hospital de Macedo de Cavaleiros, onde foi declarado o óbito.

+ notícias: Norte

A28 cortada no sentido norte-sul em Vila do Conde para remoção de camião acidentado

O trânsito está cortado no sentido norte-sul da Autoestrada 28 (A28) junto ao 'outlet' de Vila do Conde, desde 10:45 e previsivelmente até cerca das 14:00, para remoção de um camião de lixo acidentado, informou hoje a GNR.

Técnicos de educação lutam contra a contratação precária e o direito à mobilidade no Porto

Cerca de 30 profissionais de educação concentraram-se na manhã desta sexta-feira, em frente à Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, no Porto, para lutarem contra a contratação precária e também pelo direito à mobilidade, ou seja, lutam para que "consigam ficar em escolas próximas do local de residência". 

Ministra da Saúde admite que "o modelo de funcionamento da Psiquiatria do Porto precisa de ser revisto"

A Ministra da Saúde, Marta Temido, disse, em declarações ao Porto Canal, numa visita ao Hospital Conde Ferreira no Porto, que "o modelo de funcionamento da Urgência de Psiquiatria da área metropolitana do Porto precisa de ser revisto". A Ministra acrescentou ainda que "este modelo de funcionamento tem servido a necessidade da população", no entanto já é um modelo com "algum tempo de funcionamento".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.