Info

Autárquicas: Costa assume frustração com "derrota inesperada" em Lisboa

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 27 set 2021 (Lusa) -- O secretário-geral do PS, António Costa, assumiu hoje frustração com a "derrota inesperada" do socialista Fernando Medina na sua recandidatura à presidência da Câmara Municipal de Lisboa e desejou felicidades ao vencedor, Carlos Moedas.

Em declarações aos jornalistas, no Pátio da Galé, em Lisboa, onde foi cumprimentar Fernando Medina, António Costa considerou que o presidente cessante da Câmara Municipal de Lisboa assumiu "com total dignidade e frontalidade" a sua derrota nas eleições autárquicas de domingo.

António Costa lamentou o resultado obtido pela coligação entre o PS e o partido Livre em Lisboa, observando: "Como toda a gente sabe, foi uma derrota inesperada, não havia nenhum indicador que apontasse para este resultado, mas a democracia é mesmo assim".

No seu entender, "há uma coisa que é clara, foi a vontade dos lisboetas, os lisboetas quiseram mudar".

"Se sinto frustração, claro que sim, é evidente que sim, isso é indiscutível", afirmou o secretário-geral do PS e primeiro-ministro -- que presidiu à Câmara Municipal de Lisboa entre 2007 e 2015, quando deixou a governação do executivo autárquico a Fernando Medina, até então seu vice-presidente.

"Como é sabido, tenho uma ligação particular à cidade, não só por viver cá, mas por ter tido a oportunidade de em 2007 ter reconquistado esta câmara para o PS e ter iniciado um ciclo de governação que durou até ao dia de hoje", referiu.

O secretário-geral do PS desejou ao social-democrata Carlos Moedas, que encabeçou uma coligação entre PSD, CDS-PP, Aliança, MPT e PPM, "as maiores felicidades e sucessos na governação desta cidade, que é uma cidade maravilhosa", mostrando-se convicto de que "seguramente fará também o seu melhor para cuidar dela e tratar do seu desenvolvimento e cuidar dos lisboetas".

António Costa remeteu para os analistas a identificação das causas dos resultados em Lisboa e, questionado sobre as suas implicações para o país, retorquiu que a nível nacional "o resultado é muito claro, o PS teve uma vitória claríssima nestas eleições a nível nacional".

IEL // ACL

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Rui Moreira faz acordos à esquerda e à direita durante os três mandatos 

Durante os três mandatos, Rui Moreira, Presidente da Câmara Municipal do Porto, já fez acordos à direita e à esquerda. Ao terceiro mandato, o autarca fez acordo à direita com o PSD de Vladimiro Feliz. 

Bloco de Esquerda elege um vereador para a Câmara do Porto

O Bloco de Esquerda elegeu um vereador, Sérgio Aires, para a Câmara Municipal do Porto e, durante a manhã desta quarta-feira, durante a tomada de posse, Sérgio Aires, disse que "Rui Moreira falhou todos os objetivos da sua campanha, perdeu 10 mil votos em relação a 2017 e não conquistou maioria absoluta". 

PSD: Rui Rio recandidata-se à liderança

O presidente do PSD, Rui Rio, será recandidato à liderança do partido, refere um comunicado assinado pelo vice-presidente e agora diretor de campanha Salvador Malheiro.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.