Covid-19: Portugal é décimo país da UE com menos novos casos diários

| País
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 20 set 2021 (Lusa) - Portugal é o décimo país da União Europeia com menos novos casos diários (90) de infeção por SARS-CoV-2 por milhão de habitantes na última semana, segundo o 'site' estatístico Our World in Data.

Com 502 casos diários, a Eslovénia é o país-membro com a maior média neste indicador, seguida da Lituânia (397), Estónia (330), Croácia (282) e Letónia (257).

A média na União Europeia de novos casos diários por milhão de habitantes está em 108 e a mundial situa-se em 68.

No resto do mundo, entre os países com mais de um milhão de habitantes, a Sérvia está com a média diária de novos casos mais elevada (1.020), seguindo-se a República Dominicana (946), Israel (908) e Mongólia (867).

Em termos de média de mortes diárias atribuídas à covid-19, Portugal é o 17.º país da União, com 0,6 mortes por milhão de habitantes nos últimos sete dias.

Com 10,4 novas mortes por dia, a Bulgária é o estado-membro na posição cimeira deste indicador, seguida da Lituânia (5,5), Grécia (4)e Roménia (3,9).

Neste indicador, a média diária da União Europeia está em 1,23 e a mundial em 1,1.

Globalmente, a média diária de novas mortes mais elevada verifica-se nas Bahamas (18,3), Macedónia do Norte (13,7), Geórgia (12,7), Malásia (11,9).

APN // HB

Lusa/fim

+ notícias: País

Governo anuncia novo investimento no SIRESP para assegurar comunicações satélite

O SIRESP vai ter um novo investimento de 4,2 milhões de euros em equipamentos de redundância para assegurar as comunicações via satélite em caso de falha dos circuitos terrestres, anunciou hoje o Ministério da Administração Interna.

Autarca da Guarda diz que fogo em Aldeia Viçosa está "descontrolado"

O incêndio que deflagrou em Mizarela, pelas 15:36, está "descontrolado, tendo em conta os ventos fortes e a localização na encosta", admitiu à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal da Guarda.

Costa recupera gasoduto chumbado em 2018. Novo traçado no Alto Douro Vinhateiro é incógnita

O pedido foi feito pelo Chanceler alemão e Portugal apressou-se a responder. A Europa quer reduzir, ainda mais, a dependência do gás da Rússia e para isso precisa de um novo gasoduto. António Costa garante que “o percurso já está definido” e que os trabalhos estão “muito avançados”. Mas, a verdade é que o projeto existente para a ligação entre Celorico da Beira, na Guarda e Vilar de Frades, em Bragança, foi rejeitado, em 2018, na Avaliação de Impacte Ambiental da Agência Portuguesa do Ambiente.