Info

UE vai doar mais 200 milhões de vacinas a paises de baixo rendimento - Von der Leyen

UE vai doar mais 200 milhões de vacinas a paises de baixo rendimento - Von der Leyen
| Mundo
Porto Canal com Lusa

 A União Europeia (UE) quer acelerar a vacinação da covid-19 nos países com baixo rendimento e vai doar mais 200 milhões de doses até meados de 2022, anunciou hoje a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen.

"A minha primeira prioridade é acelerar a vacinação nos países de baixo rendimento. Posso anunciar hoje que a Comissão vai acrescentar uma nova doação de mais 200 milhões de doses até meados do próximo ano", disse, no discurso sobre o Estado da União (SOTEU, na sigla inglesa).

"Trata-se de um investimento na solidariedade e é um investimento também na saúde global", salientou, perante os eurodeputados.

Estes 200 milhões de doses acrescem a 700 milhões que a UE já entregou a mais de 130 países, salientou ainda.

A segunda prioridade delineada por Von der Leyen é prosseguir os esforços de vacinação contra a pandemia na UE.

"Vemos divergências preocupantes entre os Estados-membros no que respeita às taxas de vacinação e por isso precisamos de manter o ímpeto".

"Temos 1,8 mil milhões de doses adicionais asseguradas, o que é suficiente para nós e para a nossa vizinhança e ainda para se forem necessárias vacinas de reforço", salientou.

A líder do executivo comunitário anunciou também uma verba de 50 mil milhões até 2027 para a preparação e resiliência sanitária na UE.

O primeiro discurso do Estado da União foi proferido pelo então presidente da Comissão José Manuel Durão Barroso em 07 de setembro de 2010, uma prática que foi seguida pelo seu sucessor, Jean-Claude Juncker, e pela atual chefe do executivo comunitário.

Ursula Von der Leyen, que tomou posse em 01 de dezembro de 2019, fez a sua primeira intervenção deste género em 16 de setembro de 2020.

+ notícias: Mundo

Jovens entre os 12 e os 18 anos estão impedidas de ir às aulas e professor pede ajuda internacional no Afeganistão

Quase quatro milhões de crianças, entre os 12 e os 18 anos, estão impedidas de ir à escola, no Afeganistão e, um professor pede ajuda internacional a pedir que instituições de todo o mundo possam dar-lhes aulas online para que consigam continuar a estudar.

Parlamento Europeu apela ao reforço das relações bilaterais com Taiwan

Bruxelas, 21 out 2021 (Lusa) - O Parlamento Europeu apelou hoje ao reforço das relações entre a União Europeia e Taiwan através de um possível acordo de investimento bilateral e manifestou "inquietação" sobre a beligerância militar "permanente" de Pequim em relação a Taipé.

Portugal desce para o oitavo lugar no ranking da FIFA

Zurique, Suíça, 21 out 2021 (Lusa) -- A seleção portuguesa de futebol desceu uma posição no ranking da FIFA e é agora oitava classificada, por troca com a Espanha, informou hoje o organismo máximo do futebol mundial.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.