Info

Três concelhos do distrito de Bragança em risco máximo

Três concelhos do distrito de Bragança em risco máximo
| Norte
Porto Canal com Lusa

Os concelhos de Mogadouro, Miranda do Douro e Vimioso, no distrito de Bragança apresentam hoje um risco máximo de incêndio, indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também 18 concelhos de Bragança, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Portalegre e Faro em risco muito elevado de incêndio.

Este risco, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu muito nublado e períodos de chuva ou aguaceiros, que podem ser localmente intensos e acompanhados de trovoadas.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante sul, sendo por vezes forte nas terras altas, neblina matinal, pequena descida da temperatura mínima no interior e descida da máxima.

Para a região sul, o IPMA prevê céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde, e períodos de chuva fraca até meio da tarde, mais frequentes no litoral oeste.

A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante sul, sendo por vezes forte nas terras altas, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida de temperatura.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (na Guarda) e os 21 (em Aveiro) e as máximas entre os 22 (na Guarda) e os 29 (em Évora e Beja).

+ notícias: Norte

A28 cortada no sentido norte-sul em Vila do Conde para remoção de camião acidentado

O trânsito está cortado no sentido norte-sul da Autoestrada 28 (A28) junto ao 'outlet' de Vila do Conde, desde 10:45 e previsivelmente até cerca das 14:00, para remoção de um camião de lixo acidentado, informou hoje a GNR.

Técnicos de educação lutam contra a contratação precária e o direito à mobilidade no Porto

Cerca de 30 profissionais de educação concentraram-se na manhã desta sexta-feira, em frente à Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, no Porto, para lutarem contra a contratação precária e também pelo direito à mobilidade, ou seja, lutam para que "consigam ficar em escolas próximas do local de residência". 

Ministra da Saúde admite que "o modelo de funcionamento da Psiquiatria do Porto precisa de ser revisto"

A Ministra da Saúde, Marta Temido, disse, em declarações ao Porto Canal, numa visita ao Hospital Conde Ferreira no Porto, que "o modelo de funcionamento da Urgência de Psiquiatria da área metropolitana do Porto precisa de ser revisto". A Ministra acrescentou ainda que "este modelo de funcionamento tem servido a necessidade da população", no entanto já é um modelo com "algum tempo de funcionamento".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.