Fernando Pimenta cumpriu "um dos sonhos" com bronze no K1 1.000

| Desporto
Porto Canal com Lusa

Tóquio, 03 ago 2021 (Lusa) -- O canoísta português Fernando Pimenta, que hoje conquistou a medalha de bronze em K1 1.000 metros, admitiu ter cumprido "um dos sonhos", mas "faltou o outro, de ser campeão olímpico".

Fernando Pimenta, de 31 anos, que se tinha sagrado vice-campeão olímpico em Londres2012, em K2 1.000 metros, ao lado de Emanuel Silva, terminou a prova de K1 1.000 metros de Tóquio2020 em 3.22,478 minutos, apenas atrás dos húngaros Balint Kopasz, novo recordista olímpico, com 3.20,643, e Adam Varga (3.22,431).

"Este é um dos sonhos. Faltou o outro, de ser campeão olímpico. Dei o meu melhor neste ciclo olímpico, muito longo, com muita regularidade. De 2017 a mostrar que o Pimenta de 2016 era candidato à medalha, não consegui por coisas que não podia controlar. Só tenho de estar feliz", declarou o atleta.

Segundo Fernando Pimenta, "os dois húngaros foram mais fortes", felicitando os adversários, ainda que recorde a forma como foi "o mais regular em todos os Mundiais e Europeus nesta distância" ao longo de todo o ciclo olímpico.

O canoísta aproveitou ainda para agradecer "a todos os portugueses" e a toda a estrutura em seu redor, mas também ao treinador. "Passámos por muitos altos e baixos, sofremos muito", lembrou.

Por último, admitiu que "ainda custa a acreditar e pôr os pés na terra": "Só quando tocar na medalha é que vou acreditar", atirou.

RBA/SIF // RPC

Lusa/fim

+ notícias: Desporto

Quatro jogadores do FC Porto nos nomeados para MVP da I Liga

O campeão FC Porto é o clube com mais nomeados para o prémio de Jogador Mais Valioso (MVP) da I Liga de 2021/22, com quatro jogadores entre os 10 designados, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Jogos do Mediterrâneo: Lorène Bazolo conquista medalha de bronze nos 200 metros

Lorène Bazolo, de 39 anos, foi batida pela egípcia Bassant Hemida, com um tempo de 22,47, seguida da cipriota Olivia Fotopoulou, com 23,01, enquanto a portuguesa correu em 23,20.

FC Porto (Bilhar): Dragões na final da Taça da Europa

A equipa de bilhar às três tabelas do FC Porto garantiu a presença na grande final da Taça da Europa. Durante a manhã, na Academia do Estádio do Dragão, o quarteto portista composto por Dick Jaspers, Daniel Sánchez, Rui Manuel Costa e João Ferreira impôs-se perante os espanhóis do CB Paiporta por 3-1 e carimbou o passaporte rumo à decisão da principal prova de clubes do Velho Continente.