Info

Covid-19: Governo permite regresso de público aos eventos desportivos com regras

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 29 jul 2021 (Lusa) -- Os eventos desportivos vão poder contar com adeptos nas bancadas a partir de 01 de agosto, desde que sejam respeitadas as regras da Direção-Geral da Saúde (DGS), derivadas da pandemia de covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

"[Vamos] permitir que os eventos desportivos passem a ter público de acordo com a regra especificamente definida pela Direção-Geral de Saúde", afirmou o governante em conferência de imprensa, no final da reunião do Conselho de Ministros que definiu as medidas para a reabertura do país.

Durante a apresentação das novas medidas, que contemplam diferentes fases de abertura, António Costa revelou que, na primeira fase, a partir de 01 de agosto, podem entrar nos recintos dos eventos culturais, desportivos ou corporativos, com mais de 1.000 pessoas (em espaços abertos) ou 500 (em espaços fechados), quem apresente certificado de vacinação ou teste negativo à covid-19.

DN // AJO

Lusa/fim

+ notícias: Política

Rui Moreira critica Governo pela falta de respostas a problemas sociais

                                                    

Rui Rio lamenta que juízes achem "desprestigiante" a deslocalização do Tribunal Constitucional 

O Presidente do PSD, Rui Rio, lamentaque a maioria dos juízes do Tribunal Constitucional achem "desprestigiante" a sua deslocalização. 

Sérgio Aires alerta para a "pouca sensibilidade" sobre a qualidade do ar

Sérgio Aires, candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal do Porto, esteve em campanha eleitoral, durante a passada quarta-feira e, depois de reunir com o Presidente do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, disse em declarações ao Porto Canal, que "ainda existe pouca sensibilidade sobre a qualidade do ar" e, que "é preciso dar outra transparência para fora das salas da Câmara Municipal". 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS