Info

Covid-19: Teletrabalho deixa de ser obrigatório a partir de domingo

| Política
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 29 jul 2021 (Lusa) - O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje que o teletrabalho deixa de ser obrigatório a partir de domingo, no âmbito de uma nova fase de alívio de restrições associadas à pandemia de covid-19.

"O teletrabalho passará de obrigatório a recomendado em todas as atividades em que seja possível utilizar o teletrabalho", disse o chefe do Governo no 'briefing' após a reunião do Conselho de Ministros, que decorreu hoje no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

Segundo o primeiro-ministro, a abolição da obrigatoriedade do teletrabalho enquadra-se na primeira de novas três fases de libertação de atividades, na qual se inclui, por exemplo, o fim da limitação horária de circulação na via pública.

JE // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Política

Rui Moreira critica Governo pela falta de respostas a problemas sociais

                                                    

Rui Rio lamenta que juízes achem "desprestigiante" a deslocalização do Tribunal Constitucional 

O Presidente do PSD, Rui Rio, lamentaque a maioria dos juízes do Tribunal Constitucional achem "desprestigiante" a sua deslocalização. 

Sérgio Aires alerta para a "pouca sensibilidade" sobre a qualidade do ar

Sérgio Aires, candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal do Porto, esteve em campanha eleitoral, durante a passada quarta-feira e, depois de reunir com o Presidente do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, disse em declarações ao Porto Canal, que "ainda existe pouca sensibilidade sobre a qualidade do ar" e, que "é preciso dar outra transparência para fora das salas da Câmara Municipal". 

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS