Info

Lucros da EDP cresceram 9% no primeiro semestre para 343 ME

| Economia
Porto Canal com Lusa

Redação, 29 jul 2021 (Lusa) -- Os lucros da EDP cresceram, no primeiro semestre deste ano, 9%, atingindo 343 milhões de euros, um resultado que, excluindo efeitos não recorrentes, diminui 15% para 326 milhões de euros, segundo um comunicado ao mercado.

Na nota, publicada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP informa assim que o seu resultado líquido "atingiu os 343 milhões de euros, um aumento de 9% em termos homólogos" e que "excluindo efeitos não recorrentes o resultado líquido diminui 15% no 1S21 [primeiro semestre de 2021] para 326 milhões de euros".

"O desempenho do semestre foi marcado pela positiva pela integração da Viesgo em Espanha e crescimento de resultados das redes no Brasil, tendo sido penalizado pela subida dos custos de compra de energia no mercado ibérico e por recursos eólicos abaixo da média nos EUA", justificou a EDP.

 

ALYN // EA

Lusa/Fim

+ notícias: Economia

Despedimento coletivo reduzido para 78 trabalhadores após mais quatro acordos

O despedimento coletivo na TAP vai abranger 78 trabalhadores, abaixo dos 124 previstos e depois da redução para 82 anunciada em agosto, após se terem alcançado mais quatro acordos, anunciou hoje a presidente executiva.

Reprivatização da Efacec deve estar concluída antes do final do ano

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, disse na noite de terça-feira que espera que o processo de reprivatização da Efacec esteja concluído antes do final do ano.

Governo seleciona DST e Sing para a terceira fase da reprivatização da Efacec

O Conselho de Ministros aprovou hoje a terceira fase do processo de reprivatização da Efacec, tendo selecionado os dois investidores que apresentaram propostas vinculativas, ou seja, os grupos DST SGPS e Sing - Investimentos Globais, segundo um comunicado.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.