Info

Porto Canal vai fazer participação contra Pedro Adão e Silva por "atentado à liberdade de imprensa"

Porto Canal vai fazer participação contra Pedro Adão e Silva por "atentado à liberdade de imprensa"
| Norte
Porto Canal

A Direção de Informação do Porto Canal informa que apresentará uma participação ao Presidente da Assembleia da República, à Comissão Nacional para as Comemorações do 50º aniversário do 25 de Abril e ao Sindicato dos Jornalistas contra Pedro Adão e Silva.

O Comunicado:

A Direção de Informação do Porto Canal informa que apresentará uma participação ao Presidente da Assembleia da República, à Comissão Nacional para as Comemorações do 50º aniversário do 25 de Abril e ao Sindicato dos Jornalistas contra Pedro Adão e Silva.

A decisão decorre de palavras proferidas por Pedro Adão e Silva no contexto de um contacto estabelecido por uma jornalista do Porto Canal, ontem, no sentido de obter uma reação oficial da Comissão para as Comemorações do 50º aniversario do 25 de Abril à morte de Otelo Saraiva de Carvalho.

Na sequência desse contacto, Pedro Adão e Silva proferiu palavras insultuosas, referindo-se ao Porto Canal como “essa coisa”, e ofensivas para a dignidade profissional da jornalista em causa, quando afirmou que esta não era uma jornalista por trabalhar para o Porto Canal. A somar-se a isto, o comissário recusou prestar declarações especificamente ao Porto Canal e em qualquer circunstância, violando o princípio da igualdade e não-discriminação a que dirigentes e titulares de cargos públicos, ou semelhantes, deveriam estar obrigados.

A Direção de Informação do Porto Canal condena este que considera ser um atentado à liberdade de imprensa, agravado pelo facto de ter tido origem em alguém que tem por missão promover as comemorações do Dia da Liberdade. Informa, ainda, que não exclui o recurso a outros meios legais, se tal se vier a justificar.

+ notícias: Norte

Porto Canal dedica o dia ao Debate Decisivo da cidade do Porto

O Rio Douro é o 'pano' de fundo do dia do debate Decisivo da cidade do Porto.

Bispo do Porto diz que "o poder local foi essencial para combater as falhas do Estado"

O Bispo do Porto, D.Manuel Linda, falou na manhã desta quinta-feira, ao Porto Canal sobre a evolução da cidade do Porto e os desafios para o futuro e, disse que "o poder local foi essencial para combater as falhas do estado, principalmente a nível das IPSS".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.