Info

Justiça espanhola decreta prisão preventiva para dois portugueses suspeitos de agressão sexual

| País
Porto Canal com Lusa

Oviedo, Espanha, 26 jul 2021 (Lusa) -- A justiça espanhola emitiu duas ordens de "prisão provisória" para dois dos quatro detidos portugueses pela alegada agressão sexual em Gijón (norte de Espanha), deliberando ainda libertar cautelarmente os outros dois homens.

Fonte do Tribunal Superior de Justiça das Astúrias disse à agência Lusa que o juiz acaba de emitir duas ordens de "prisão provisória, comunicadas e sem fiança para dois dos detidos" que foram levados hoje à justiça para interrogatório.

Para os outros dois detidos, "foi emitida uma ordem de libertação provisória" com uma medida cautelar que restringe e proíbe qualquer comunicação com as duas mulheres que apresentaram queixa.

Duas jovens mulheres, uma delas de Gijón e uma outra da cidade de Bergara, apresentaram queixa na polícia no sábado, alegando terem sido agredidas sexualmente pelos portugueses nessa madrugada.

FPB // PJA

Lusa/Fim

+ notícias: País

Covid-19: Portugal regista 930 novos casos e oito mortes nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais 930 casos confirmados de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, oito mortes associadas à covid-19, uma descida nos internamentos em enfermaria e subida nos cuidados intensivos, segundo dados oficiais,

Pfizer diz que a vacina é mais de 90% eficaz em crianças

A farmacêutica Pfizer/BioNTech assegurou hoje que a vacina contra a covid-19 é segura nas crianças com mais de 5 anos, com quase 91% de eficácia na prevenção de infeção.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.