Info

Condenado a 25 anos de prisão por matar cunhados em Valpaços

| Norte
Porto Canal com Lusa

Vila Real, 05 jul 2021 (Lusa) -- O Tribunal de Vila Real condenou hoje um homem à pena máxima de 25 anos de prisão pelo duplo homicídio dos cunhados em Avarenta, no concelho em Valpaços.

O arguido, de 67 anos, foi condenado em cúmulo jurídico a 25 anos de cadeia por dois crimes de homicídio qualificado, 13 crimes de ameaça agravada e um crime de detenção de arma proibida, por ter na sua posse uma arma com o número rasurado, logo transformada.

O caso remonta a 30 de maio de 2020 quando o arguido disparou contra o casal, um homem de 52 anos, irmão da mulher do suspeito, e a sua esposa, de 49 anos, quando estes estavam a trabalhar num lameiro, perto da aldeia de Avarenta, em Valpaços, distrito de Vila Real.

O julgamento teve início em fevereiro e, segundo o acórdão proferido hoje, o homem "matou por um motivo absolutamente fútil" e atuou de "forma pensada".

PLI // JAP

Lusa/Fim

+ notícias: Norte

Homem esfaqueado fica gravemente ferido em rixa no Porto

Uma rixa que despoletou no Campo dos Mártires da Pátria, no Porto, às 3h da madrugada de sábado, provocou um ferido grave e vários ligeiros, segundo o que o Porto Canal apurou junto das autoridades.

Queda de árvore mata homem em Vila do Conde

Um homem morreu, na tarde deste sabádo, na sequência da queda de uma árvore, em Vila do Conde. Ao que o Porto Canal apurou, o alerta foi dado pelas 14h28 e no local estão os Bombeiros Voluntários de Vila do Conde.

Luísa Salgueiro diz que "só depois das eleições será evidente o esforço feito relativamente à Petrogal"

A atual autarca de Matosinhos, Luísa Salgueiro, falou acerca da Petrogal no debate promovido pelo Porto Canal na última terça-feira, e disse que "só depois das eleições será evidente o esforço feito".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.