Info

Covid-19: Cerca de 365 mil adolescentes já foram vacinados em França

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Paris, 22 jun 2021 (Lusa) - A vacinação para os jovens entre os 12 e os 17 anos abriu-se há cerca de duas semanas e cerca de 365 mil adolescentes receberam a primeira dose, quando as restrições de horários de confinamento em casa terminaram.

Embora centenas de milhares de adolescentes já tenham sido vacinados, o Ministério da Saúde francês alertou que cerca de 5 milhões de pessoas com mais de 55 anos ainda não o foram, tal como uma parte significativa de pessoas com problemas de saúde e cuja saúde se pode agravar se foram contagiadas.

A primeira noite do fim do recolher obrigatório em França coincidiu com a noite da Festa da Música, dia em que há concertos um pouco por todas as cidades franceses.

Apesar de algumas limitações sanitárias impostas pelas autoridades, verificaram-se grandes ajuntamentos em cidades como Paris ou Nantes, o que levou a confrontos com a polícia.

Por enquanto, a variante delta da covid-19, que nalguns países se está a tornar dominante, representa apenas entre 2% a 4% dos casos registados em França.

Há atualmente 10.046 pessoas hospitalizadas em França devido à covid-19 e, destes pacientes, 1.560 estão internados em unidades de cuidados intensivos.

Nas últimas 24 horas morreram em França 51 pessoas devido ao vírus e foram confirmados 2.204 novos caso.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.875.359 mortos no mundo, resultantes de mais de 178,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. 

 

CYF // EL 

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Alemanha: Scholz fala de sucesso e apresenta-se como chanceler

O candidato do SPD Olaf Scholz fala de "grande sucesso" e nas eleições hoje na Alemanha e, na sede do seu partido em Berlim, apresentou-se aos jornalistas como "o próximo chanceler alemão".

Alemanha: Conservadores querem formar governo apesar de recuo - Laschet

O líder da União Democrata-Cristã (CDU) e candidato a chanceler, Armin Laschet, afirmou hoje que os conservadores alemães querem formar o próximo governo da Alemanha, apesar do recuo eleitoral previsto nas eleições legislativas.

Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas garantiu que "até ao momento não houve nenhum português que comunicou pedido de ajuda em relação ao Vulcão nas Canárias"

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, falou, na manhã desta segunda-feira, ao Porto Canal e, disse que "até ao momento nenhum Português comunicou pedido de ajuda em relação à erupção vulcânica nas Canárias". A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, acrescentou ainda que "existem oito portugueses nos três municípios afetados pela erupção vulcânica".

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.