Info

Covid-19: África passou os cinco milhões de casos

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Lisboa, 12 jun 2021 (Lusa) -- África passou hoje os cinco milhões de casos de covid-19 e registou mais 384 mortes nas últimas 24 horas, o que eleva o total de óbitos para 134.239, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de casos no continente é de 5.011.502, mais 21.413 nas últimas 24 horas, e o de recuperados é de 4.504.296, mais 14.631.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de provocou, pelo menos, 3.775.362 mortos no mundo, resultantes de mais de 174,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

VM // JLG

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Jovens entre os 12 e os 18 anos estão impedidas de ir às aulas e professor pede ajuda internacional no Afeganistão

Quase quatro milhões de crianças, entre os 12 e os 18 anos, estão impedidas de ir à escola, no Afeganistão e, um professor pede ajuda internacional a pedir que instituições de todo o mundo possam dar-lhes aulas online para que consigam continuar a estudar.

Covid-19: Bolsonaro diz não ter culpa de 'absolutamente nada' na pandemia

São Paulo, 20 out 2021 (Lusa) -- O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, garantiu hoje que ele e o seu Governo não têm culpa de "absolutamente nada" em relação ao agravamento da pandemia no país, que já matou mais de 603.855 mil brasileiros e infetou outros 21,6 milhões.

Guiné-Conacri defende reforço da cooperação com a Guiné-Bissau

Bissau, 20 out 2021 (Lusa) -- O Presidente de transição da Guiné-Conacri, o coronel Mamadi Doumbouya, defendeu hoje um reforço da cooperação com a Guiné-Bissau no âmbito de uma visita que o chefe de Estado guineense, Umaro Sissoco Embaló, efetuou ao país.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.