Info

Covid-19: Incidência acumulada na Alemanha continua baixa

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Berlim, 12 jun 2021 (Lusa) - A incidência acumulada de contágios continua baixa na Alemanha, onde, além da reativação da vida pública, está a avançar-se para a normalização das viagens de verão, segundo dados oficiais.

De acordo com o Instituto Robert Koch de virología (RKI), a incidência em sete dias por 100.000 habitantes situa-se em 18,3 casos.

Há uma semana, este fator estava em 26,3, enquanto na quarta-feira ficou, pela primeira vez em oito meses, abaixo de 20.

O pico da incidência registou-se a 22 de dezembro, com 197,6 casos semanais, e continuou em níveis elevados ou de alto risco até abril, para começar a descer de forma consolidada em maio.

O RKI reportou hoje 1.911 novos contágios em 24 horas, enquanto o número de vítimas mortais devido à covid-19 ascendeu a 129.

Em toda a pandemia, verificaram-se na Alemanha 3,7 milhões de infeções com o coronavírus, das quais 3,5 milhões são pacientes recuperados. O total de mortes é de 89.816.

A Alemanha levantará em julho a advertência geral contra as viagens turísticas a zonas de risco por coronavírus, em vigor há mais de um ano, anunciou na sexta-feira o ministro das Relações Exteriores, Heiko Maas.

"Após mais de um ano, podemos levantar a advertência geral contra viagens para zonas de risco com uma incidência acumulada em sete dias abaixo de 200. Isto entrará em vigor a 01 de julho para o todo o mundo", referiu o ministro.

Este "próximo passo" é possível graças às normas claras e comuns que se aplicam na UE relativamente às pessoas vacinadas, as que tiveram o vírus e as que apresentem um teste negativo, acrescentou.

O perigo relacionado com o vírus e com as suas mutações não está, no entanto, controlado, advertiu.

O problema são as variantes mais agressivas, pelo que se continuará a recomendar não viajar sem ser necessário aos locais de elevada incidência ou regiões com mutações.

A pandemia de provocou, pelo menos, 3.775.362 mortos no mundo, resultantes de mais de 174,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

AH // VM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Pandemia já matou pelo menos 4,09 milhões de pessoas no mundo

A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.093.263 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais.

Quatro portugueses detidos em Espanha por suposta violação de duas mulheres

Redação, 24 jul 2021 (Lusa) -- A polícia espanhola anunciou ter detido hoje quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país.

Polícia moçambicana detém militares em ajuntamento a beberem álcool e armados

Maputo, 24 jul 2021 (Lusa) -- A polícia moçambicana deteve na sexta-feira militares que bebiam álcool armados e fardados na cidade de Pemba, norte do país, num aglomerado, à noite, violando as medidas de prevenção de covid-19, anunciaram hoje as autoridades.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS

N'Agenda

O efeito do observador - Centro de...