Info

Covid-19: EUA registam 445 mortes e 11.611 casos nas últimas 24 horas

| Mundo
Porto Canal com Lusa

Washington, 12 jun 2021 (Lusa) - Os Estados Unidos registaram 445 mortes e 11.611 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, indicou a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, os EUA contabilizaram 599.161 óbitos e 33.437.913 casos de covid-19, sendo o país com mais mortes e mais infeções no mundo.

Ao todo, 172,7 milhões de pessoas (52% da população) receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, dos quais 142,1 milhões (42,8%) concluíram o processo de vacinação, de acordo com os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças norte-americanos.

A pandemia de provocou, pelo menos, 3.775.362 mortos no mundo, resultantes de mais de 174,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

MIM // MIM

Lusa/Fim

+ notícias: Mundo

Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas garantiu que "até ao momento não houve nenhum português que comunicou pedido de ajuda em relação ao Vulcão nas Canárias"

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, falou, na manhã desta segunda-feira, ao Porto Canal e, disse que "até ao momento nenhum Português comunicou pedido de ajuda em relação à erupção vulcânica nas Canárias". A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, acrescentou ainda que "existem oito portugueses nos três municípios afetados pela erupção vulcânica".

Pfizer diz que tem vacina eficaz contra a Covid-19 em crianças dos 5 aos 11 anos

A Pfizer revelou hoje que a sua vacina contra a covid-19 é eficaz em crianças dos 5 aos 11 anos e vai requerer autorização nos Estados Unidos para este grupo em breve, um avanço na vacinação de crianças.

Covid-19: Nova lista da UE para aliviar restrições de viagem inclui Chile, Kuwait e Ruanda

Bruxelas, 23 set 2021 (Lusa) -- O Conselho da União Europeia (UE) atualizou hoje a lista de países relativamente aos quais devem ser levantadas as restrições de viagem devido à covid-19, passando a incluir Chile, Kuwait e Ruanda após retirar Bósnia-Herzegovina e Moldávia.

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RELACIONADAS

DESCUBRA MAIS